da ‘nortada’ do dia e de outros (breves) considerandos…

20150301 - FC PORTO - SPORTING CP
© fotos da curva

caríssima(o),

eis-me de regresso ao teu salutar conBíBío, numa casa nova, mais arejada mas cujo estilo de escrita permanecerá intocável – ie, os testament… os textos um tanto ou quanto longos permanecerão a sua imagem de marca, pois que ele há coisas contra as quais não vale a pena tocar, no sentido em que nos são inerentes e cuja mudança tudo desvirtuaria…
entretanto, faço votos para que esta remodelação, visando sobretudo a rapidez de transmissão de dados nas novas tecnologias (mormente tablets e telemóveis espertos) também seja do teu agrado.

agora, agradado, agradado, fiquei eu com a notícia da aquisição dos direitos desportivos de André André para a próxima época e com a notícia da vitória do nosso andebol em terras sérvias, naquela que foi a nossa primeira vitória para a Taça EHF.

em relação ao clássico ante o spórtém já foi quase tudo dito.
aqui, e aqui, e aqui, e aqui, e aqui, e aqui, e aqui, e aqui, vimos todos o mesmo jogo. e, pasme-se!, até o nosso enfant terrible, Miguel Sousa Tavares, em a ordem natural das coisas” (aqui) o viu – assim como outras cenas que se abordarão mais à frente, inclusive para memória futura.

mesmo assim, desse clássico, quero perpetuar, em imagens GIF, o assombroso tríptico de T3llo – o espanhol vindo directamente de La Masía, que tanta crítica tem levado para contar em casa dos mesmíssimos adeptos que, Domingo à noite lhe terão tecido loas, e que, com três remates certeiros, os resolveu silenciar.
assim sendo, eis o registo:

» do primeiro golo aqui em jogada corrida e aqui em repetição;

» do segundo golo – aqui em jogada corrida e aqui em repetição;

» do terceiro golo – aqui em jogada corrida, aqui em repetição e aqui com um bónus.


foram três golos que coroaram uma exibição contundente do FC Porto, apesar daqueles vinte minutos iniciais, onde o receio de errar foi comum a «ambas as duas» equipas.
fomos superiores e a vitória assenta-nos (muito) bem, num autêntico banho de bola que se infligiu a quem, na época passada, estava cheio de bazófia (balofa).
mesmo assim, no jornalixo tuga há quem persista em desconsiderar os feitos desportivos almejados pelo FC Porto, consciente e deliberadamente optando por encontrar justificações nos desacertos dos adversários daquele. eis dois exemplos exemplarmente exemplares
:

invert© pasquim do ‘sinhôre‘ serpa
(clicar na imagem para ampliar)


e, se é certo que vencemos e de uma forma categórica, não é menos verdade que o sistema voltou a fazer das suas.
porque conquistámos (mais) três preciosos pontos, num ciclo de seis jogos com grau de dificuldade elevada e numa luta bastante desigual para com o actual primeiro classificado (completamente levado em ombros, num andor cujo colinho não tem igual no burgo), legitimamente afirmo que houve uma gritante dualidade de critérios na arbitragem de artur soares dias.

eis o que se escreveu no decurso do dia de ontem, sobre esta matéria:

tribunal© pasquim do ‘Quim Oliveirinha
(clicar na imagem para ampliar)

asd_bolha

© pasquim do ‘sinhôre‘ serpa
(clicar na imagem para ampliar)


no entanto e para que se perceba (bem) melhor a tal dualidade de critérios que me refiro, na arbitragem de artur soares dias, eis, em imagens GIF:

» o ridículo do amarelo ao Alex Sandro: aqui em jogada corrida e aqui em repetição;

» o lance da expulsão perdoada a cédric, minutos antes da amostragem daquele cartão: aqui em jogada corrida e aqui em repetição;

» o lance em que, no meu entendimento, é perdoada a expulsão a jonathan silva, por falta grosseira sobre Danilo: aqui em jogada corrida e aqui em repetição;

» o lance do penalty cometido sobre Jackson: aqui em jogada corrida e aqui em repetição;

» o lance do penalty cometido por montero, por, tal como cardozo, há uns anos atrás, ostensivamente ter dominado a bola com a mão dentro da grande área: aqui em jogada corrida e aqui em repetição;

» o lance daquele abraço do william carvalho a Tello: aqui e somente em jogada corrida.


seis-lances-seis.
e num jogo em que ganhámos categoricamente. o que já não se teria escrito se tivesse sido ao contrário? e quantos comunicados já não teriam sido emitidos? e quantas audiências nas instâncias internacionais já não teriam sido requeridas?… pois. exacto.
e depois a abécula «catedrática», perante todos estes factos, agravados com o que se vem desenrolando nos jogos que envolvem os seus próximos adversários, tem a distinta soberba de afirmar o que abaixo se reproduz (e se comprova):

jjebus© pasquim do ‘sinhôre‘ serpa
(clicar na imagem para ampliar)


e se até o inefável adepto (anti-)portista e (anti-)pinto da costa, com apelido de prato de bacalhau o afirma contundente aqui, quem sou eu para contestar e/ou rebater tal percepção da nossa realidade  pois que até um relógio parado está certo duas vezes ao dia…

por último e não menos verdade:

o que é um jornalista invertebrado?

a resposta segue pronta aqui, num artigo de opinião sobre José Mourinho assinado por alguém que, até Maio de 2004, não o suportava e dele afirmava e tecia considerandos que faziam corar de vergonha os fundadores do jornal que ele entretanto ajudou a transformar num «glorioso» pasquim.

rtp?! não vejo essa merd@ de canal (muito pouco) público de televisão

rtp© blogue ‘super FC Porto

disse!

Anúncios

10 thoughts on “da ‘nortada’ do dia e de outros (breves) considerandos…

  1. caríssimos,

    muito obrigado! pela vossa visita e pelas vossas gentis palavras!, no (re)começo desta saga que (per)dura desde Julho de 2008.
    este é só o seu terceiro capítulo… e tudo por causa das gajas, essas malvadas 😀

    no fundamental:
    penso que o «Rui Neves» é um jogador de classe mundial, que está a dar os seus primeiros passos, ao mais alto níBel, na Playstation® que se encontra em casa do enfant terrible… ainda bem que não fui o único a descortinar a (como afirmar) “gralha” 😀

    somos Porto!, car@go!
    «este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

    abr@ços a «ambos os quatro» 😀
    Miguel | Tomo III

    Gostar

  2. caríssimos “anti-lampião” e Paulo,

    muito obrigado! pela vossa visita e pelas vossas gentis palavras!

    no fundamental:
    penso que ganhámos todos com este novo espaço; confesso que a plataforma ‘blogger‘ não me satisfazia, pois que de Julho de 2008 a Junho de 2011, a ‘wordpress‘ foi a minha casa. trata-se de um regresso pródigo, portanto. e ainda bem. e tudo por causa das gajas, car@go! elas são tramadas com um F bem maiúsculo 😀

    somos Porto!, car@go!
    «este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

    abr@ços a «ambos os dois» 😀
    Miguel | Tomo III

    Gostar

vocifera | comenta | sugere (registo necessário)

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s