das chatices e tal… [actualizado com ‘brasão abençoado’]

radio5© rádio 5 | Tomo III

.
caríssima(o),

foram alguns… foram vários… pronto!, foram mesmo muitos os comentários, por esse maravilhoso mundo que é a bluegosfera“®, indignados com o muito pouco que o jornalixo tuga enalteceu a vitória do FC Porto ante o todo-poderoso (e arrogante) clube bávaro, e do extremo fel que esta causou na sua esmagadora maioria.
amiúde foram dados exemplos do que for proferido em programas de debate futebolístico que deixei de ver há já alguns anos coincidentemente desde que Rui Moreira tomou aquela atitude digna de um portista que já não revejo enquanto actual Presidente da Câmara Municipal do Porto. adiante.

no seguimento de outros comentários, dos que dão conta dos fantásticos relatos dos jogos do FC Porto na Rádio 5, e dos progressos (mesmo que lentos, lentinhos…) que se têm verificado no Porto Canal, eis o meu (curtíssimo) pensamento sobre este assunto:
.

« eu já não dispenso a Rádio 5, assim como os pré e pós-match, no Porto Canal.
para quê ouvir o jornalixo tuga quando temos Qualidade dentro de portas? para quê chatearmo-nos com quem nos despreza e não merece a nossa atenção, quando podemos estar entre os nossos, a falar a mesma linguagem?
»

.
é que é tal e qual, sem tirar, nem pôr. e assim mesmo: sem espinhas.
(a confirmar a veracidade do que afirmo por ti próprio, e o quanto antes, tal como eu já fiz e em bom tempo: as chatices têm sido menos e as noites mais calmas, excepto naquelas que nós sabemos porquê…)
.

cdaniel02© faceboKas
(clicar na imagem para ampliar)

.
entretanto e tal como algumas(uns) de vós, também fui confrontado com os alarves comentários que acima se reproduzem, da autoria de carlos daniel – sim!, esse mesmo, o ex-alto funcionário da RTP para a Informação, nomeadamente para a secção de Desporto.

«apenas e só» refiro que aquelas atitudes só podem apanhar desprevenido quem não conhece a peça em causa.
a propósito do carlinhos de paredes, pronunciei-me recentemente
 aqui; com mais pormenor fê-lo o caríssimo dragão Vila Pouca aqui e aqui.

e para quem duvida das suas preferências clubísticase o considera «isento e imparcial», eis a prova (mais uma):


© Tomo III
(clicar na imagem para ampliar)

.
actualização pertinente às 11h, com diverso material de leitura: 

» aqui (mais) uma demonstração de que (i) no país vizinho  de onde (dizem) não vem bom vento, nem moçoilas simpaticas para constituir o sagrado matrimónio em condições” –, estão atentos à actual campanha do FC Porto, e que (ii) há, de facto, um longo caminho a se percorrer no jornalixo tuga para se enaltecer o que deve ser reconhecido, inclusive no Desporto.

» aqui, um artigo datado de Fevereiro deste ano e que, no meu entendimento, é de leitura obrigatória para todos nós, portistas indefectíveis, por forma se perceber a dimensão da «revolução» empreendida por Julen Lopetegui, na presente temporada.

» aqui, a prova provada de (mais) um «canto de sereia» que deverá ser interpretado como tal, isto é: convém não ficarmos entusiasmados com as palavras nada mazinhas de joão (nada) bonzinho, ou a tragédia precipitar-se-á sobre nós.
mais ainda, sobre esta temática e para não afirmarem que estou a ser incongruente:
o que eu pretendia é que aqueles episódicos «cantos de sereia» não o fossem; que quando houvesse necessidade de se elogiar o que tem mérito no Desporto tuga e é reconhecido nesse imenso país que é o Estrangeiro“®, não se poupassem encómios e que quem deveria ser, acima de tudo, isento, imparcial e deveras profissional, não optasse por fazer vista grossa, não enveredasse pela vista curta e não fosse um autêntico sabujo a mando de «gloriosos» interesses (que não só os económicos, mas também); que houvesse uma continuidade no Tempo. infelizmente não é essa a Realidade, daí a minha crítica.

» aqui, a prova de algum do reconhecimento internacional à soberba actuação dos nossos meninos, esta Quarta-feira, sobretudo nalguma imprensa escrita europeia, bem como a primeira parte do último artigo de Paulo Teixeira Pinto (“há horas felizes (I)“).

» aqui, o último artigo de Pedro Marques Lopes (“orgulho“), na sua coluna de opinião habitual BRASÃO ABENÇOADO, publicado na edição impressa do pasquim da Travessa da Queimada, desta Sexta-feira.
(já agora e a propósito do adjectivo empregue no título da crónica em apreço, um texto soberbo , da autoria do caríssimo Silva).

» por último e não menos importante, a grande entrevista ao nosso querido líder pelos seus 33 anos (trinta e três!!!) à frente dos destinos do nosso clube do coração (aqui) – e com o devido reconhecimento e agradecimento à Ana Ferreira, administradora do FC Porto para sempre, pelo esplendoroso trabalho que presta à comunidade portista.

.
disse!
.

Anúncios

10 thoughts on “das chatices e tal… [actualizado com ‘brasão abençoado’]

  1. Epa, é o que dá andar a visitar tascos em horário de expediente. Fica sempre um copito por beber 🙂 Só reparei agora, Miguel. Muito obrigado pela referência, é uma honra. Caramba!
    Abraço.

    Gostar

  2. Por falar em chatices, o Lopetegui falou de uma proposta de mudança de data do jogo de amanha que não foi aceite, alguém sabe porque não foi aceite e por quem???

    Abraços

    Gostar

  3. Olá Miguel,

    Adoro a narração cantada dos Golos do nosso FCP do Pateiro na TSF, mas não há nada como o relato na 5!

    Mas que bela escrita a do “encornado” Carlinhos de Paredes!!!

    Obrigado pelo Brasão Abençoado do PML e sobretudo pelo link para a Tasca do Silva (que desconhecia mas vai passar a ser ponto de visita obrigatório)… Parabéns Silva… que belo texto!!!

    Abr@ço!!!

    Gostar

    1. @ Loureiro

      não tens nada que agradecer, quando sou eu que tenho que estar grato pela vossa fidelidade a este espaço, com visitas e comentários regulares.
      para quem está deste lado, a satisfação é idêntica ao de um golo de bandeira do nosso clube do coração, «acardita» 😀

      abr@ço
      Miguel | Tomo III

      Gostar

  4. Esses programas desportivos que dão nos canais “públicos” e independentes já nem têm o meu interesse. Só peixaria |que nem po Bolhão davam|, conversas interesseiras e muito lampiónisse.
    Agora desporto só mesmo no Porto Canal.

    Quanto ao “paredes” só mesmo encosta-lo a parede.

    E no que toca ao reconhecimento internacional, só tenho opinião que devíamos competir na Premier ou na La Liga.

    Abraços.

    Gostar

vocifera | comenta | sugere (registo necessário)

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s