os fiéis escudeiros…

capa© pravda
(clicar na imagem para ampliar)

.
caríssima(o),

entre outros ensinamentos para a Vida, fui ensinado a respeitar o Outro para poder ser respeitado. e, também, a ter Honra, para poder honrar (sobretudo) quem me quer Bem. e que posso nada possuir, mas há algo que me pertencerá para todo o Sempre e que nada nem ninguém o poderá retirar, e esses são o meu nome próprio e os apelidos de família. e de que, por inerência, neles transporto, até ao último segundo, do meu suspiro final, a sua Honra. e que, como quem não se sente não é filho de boa gente, a não levar desaforo para casa.

vem este intróito a propósito do episódio da acalorada altercação entre jorge jejum e Julen Lopetegui, no final do Clássico, do passado Domingo.
estas imagens GIF aqui e aqui, deste vídeo aqui, foram alvo de imensa e «pura expectoração» de uma «faca de dois legumes». uma das possibilidades para o que terá sido dito ao «catedrático» da chicla, foi aventado pelo pravda dirigido pelo sinhôre serpa, na sua edição de ontem (aqui), pela pena de rógério aze(ve)do, sendo o mais importante o que a seguir se recupera (para memória futura):
.

citacao© pravda
(clicar na imagem para ampliar)
.

.
são por demais conhecidas as singulares e distintas relações privilegiadíssimas de quem muito labuta no pasquim da Trabessa da Queimada com o 5lb, em prol desse «glorioso» propósito que é o de informar os «seis milhões» de lampiões e fiéis seguidores do penhorado rei do pó nos pneus do que se deseja que seja a Realidade.
assim sendo, irei por tomar como verídicas aquelas declarações, sobretudo a parte do «estás a agarrar-me, cabrão?». a da falta de têmpera por parte de Julen Lopetegui está justificada no intróito ali em cima.

também talvez seja importante e igualmente pertinente, relembrar que foi o broeiro da agremiação de Carnide o primeiro a provocar toda esta celeuma, como se denunciou, a seu tempo, aqui.
e que, como todos nós sabemos, inclusive os lampiões que veneram este jesus, o «catedrático» é (também) um exemplo de virtudes, saber-estar, de comportamentos exemplares, de desportivismo e de cavalheirismo. há muitos exemplos (muitos, mesmo… demasiados, até…), mas este aqui, para mim, é sintomático.
e, como em tudo na lampiónica vida da agremiação em causa, as areias do Tempo tendem (como que) a esbater a sua face mais negra para lá do concebível, tornando-a «apenas e só» uma fugaz lembrança, encarquilhada por essa «gloriosa» e crónica falta de memória… acontece que nós, portistas indefectíveis, não nos esquecemos, e tudo fazemos para que, amiúde, se (re)lembre que houve alguém que prevaricou como mais ninguém em Portugal. e que só consegue sair impune graças ao seu estatuto” – e que é o de ser treinador do Carnide.
só lastimo é que este trabalho tenha que ser feito em exclusivo pelos abnegados adeptos portistas e não seja replicado por quem, no Presente, possui vastos meios de comunicação, se comparáveis com os que possuía à entrada deste século, e nada faz (ou aparenta nada fazer): a SAD/Direcção do Clube…
é que, para além da do treinador, Julen Lopetegui, como não há outra voz activa, porventura mais forte, depois temos que gramar com o que os fiéis escudeiros do chiclas (in)tentam passar para a Opinião Pública e já nem me refiro ao facto de lhes ser permitido colocar questões, nas conferências de Imprensa…
eis três irrepreensíveis exemplos exemplares, numa só imagem:
.

fdps© pravda
(clicar na imagem para ampliar)
.

.
disse!
.

Anúncios

12 thoughts on “os fiéis escudeiros…

  1. Miguel, hoje o seu post está todo conspurcado e escarrado! Que porcaria m**dosa !… Que baixeza!
    – esses infernais pseudo-analistas hão-de morder a própria língua e, claro, morrer envenenados!

    Mas, valha-nos que já para o ano vão ter de aturar o basco e ainda para mais campeão! …

    Quanto à frase da semana, acho que foi muito bem escolhida: “Quem não se sente, não é filho de boa gente!”

    Gostar

  2. Miguel,
    Antes de tudo excelente escrito…!
    Mas mais, se por um lado é preciso denunciar o que os escroques, a escumalha benfiquista escreve, por outro lado, não sei se será benéfico para a humanidade, atribuir-lhes protagonismo, conceder-lhes a importância que eles não tem, não merecem.
    Depois, concordo com o Jorge Vassalo, se calhar o melhor é ignorá-los, ou então optarmos por dar-lhes música…!

    Grande abr@ço

    PS – Como eu entendo a tua indignação provocada pela diarreia mental destes escribas benfas…!
    Haja pachorra…! Realmente só à porrada é que eles um dia aprenderão… Não foi por acaso que há uns anos atrás o ex-médio do FC Porto André lhes chamou incendiários…

    Gostar

  3. Que Julen Lopetegui comece a sentir ódio por essa escumalha, como nós sentimos.
    E parece que o jornal AS |acho que foi este| esteve atento ao tal episódio e criticou o tal cabeleira de esfregona.
    Com a continuidade de Lopetegui, até imagino FC Porto e imprensa espanhola contra aquela agremiação e respectiva imprensa.

    Viria cá uma guerra….

    Abraços.

    Gostar

  4. até já falam da Alma do Porto, para conseguir captar a atencao dos adeptos Portistas….
    dividir pra reinar, haja quem nao emprenhe pelos ouvidos!

    um abraco

    Gostar

vocifera | comenta | sugere (registo necessário)

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s