desse «manto protector»…

© fotos da curva
.

 .

« Sei que há muita gente com vontade de festejar, por isso resta-nos continuar a trabalhar para vencer os nossos jogos.
O treinador do 5lb fala muito e de todos, e perdi-lhe o respeito quando mentiu a um jornal sobre o que se passou no final do jogo na Luz. Foi uma falta de categoria, mas tudo é mais fácil quando se está debaixo de um manto protector. Quando assim não for, vamos ver qual será a realidade…
Por vezes, defendo a minha equipa e o meu Clube, de uma maneira mais agressiva, mas vou fazê-lo sempre que for preciso. A realidade é que houve erros, à vista de todos… Mas continuaremos a fazer o nosso trabalho e a tentar vencer todos os jogos.
Fomos rotundamente prejudicados esta época, gostem ou não.
»

.
autor: Julen Lopetegui

fonte: fc porto
.

.
caríssima(o),

por motivos diversos (e bastante aborrecidos, e para não afirmar que me deixaram bastante irritado com muitos F‘s bem maiúsculos), não vi o encontro de ontem, ante o clube fiúsa de Barcelos (mas com muito «suágue»).
mas felizmente que pude escutar (atentamente) a soberba, a estrondosa, a inolvidável conferência de Imprensa de Julen Lopetegui (vídeo aqui). é que nem sequer faltou o murro na mesa e tudo, tal e qual como um outro mal-amado pelo jornalixo tuga!

portanto, porque estou um pouco atrasado para contigo e nada mais tenho a acrescentar que já não tenha sido dito, comentado e escrito entre nós, portistas indefectíveis e dos quatro costados, só posso concordar com o que se escreveu, à data e hora das minhas, com estas palavras aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui, nesse maravilhoso mundo que é a bluegosfera“®.

e só posso dar razão por, na edição impressa de Sexta (aqui), no seu último artigo de opinião, sob o título Lopetegui contra todos (aqui), publicado na sua coluna habitual BRASÃO ABENÇOADO, Pedro Marques Lopes ter afirmado (denunciado) no pravda do sinhôre serpa:
.

« Não me preocupa rigorosamente nada a campanha que para aí vai contra Julen Lopetegui. Não há adepto do FC Porto que não esteja familiarizado com as costumeiras fobias contra o treinador da equipa seja ele quem for e com as tentativas de desestabilização do Clube. É, aliás, muito interessante constatar que a sanha contra Lopetegui cresceu desde que se percebeu que o basco ia continuar e que os adeptos defendem a sua manutenção como treinador do Clube apesar de lhe apontarem falhas e de lhe exigirem mais para a próxima época.
No entanto, estou longe de me sentir confortável com o facto de Julen Lopetegui ter ficado demasiadas vezes sozinho na defesa dos interesses do FC Porto. »

.
entretanto e devido ao que proferiu na conferência de Imprensa em apreço (vídeo aqui), aquela «sanha» propalou-se, propagou-se, enrudeceu, e de uma forma igualmente escabrosa e sempre, mas sempre!, com os mesmos «porcos» do jornalixo tuga na linha da frente – vide exemplos do que se afirma aqui.
são os mesmíssimos «porcos» (igualmente de língua, que de personalidade e de carácter estamos conversados“) que se preocupam exclusivamente em desvirtuar o significado de «manto protector» a que aludiu Julen Lopetegui.
eis alguns exemplos do que indiscutível e indubitavelmente é esse mesmíssimo «manto protector», pelo que muito se escreve pelo pravda da Travessa da Queimada (vulgo pasquim editado pelo belenense do sinhôre serpa):

» na edição impressa de Sexta-feira, dia 08 de Maio (aqui);

» na edição impressa de Sábado, 09 de Maio (aqui);

» na edição impressa de Domingo, 10 de Maio (aqui);

» na edição impressa desta Segunda-feira, 11 de Maio (aqui).

.
concordarás comigo e se tiveste estômago para a sua leitura, mesmo que na diagonal, que ele há para todos os gostos, feitios e pecadilhos  sendo que, com a efectivação de um bicampeonato que foi oficiosamente promulgado em Diário da República, (também) graças a um vergonhoso #colinho, made by apaf, o clima, por cá, tenderá a ficar pior. bem pior…
.

sugestão musical:

metallica, welcome home (sanitarium)

.
.
disse!
.

Anúncios

8 thoughts on “desse «manto protector»…

  1. Hoje em dia parece que há quase tantos portistas a pedir contenção nas respostas ao JJ do que preocupados com o ataque vil e permanente que o nosso treinador sofre. Humilhado todos os dias em toda a comunicação social com o nome trocado, bombardeado com perguntas sobre o JJ, questionado por várias “velhas glórias” do clube que pensam que são os donos da “mística” (Eduardo Luís, Jorge Costa, Oliveira, Vítor Baía com comportamentos bastante nojentos ultimamente). Eu continuarei a apoiar incondicionalmente porque só assim me vou sentir pleno para festejar quando for a hora. Incondicionalmente não quer dizer que não haja críticas a fazer no final da época, mas até lá eu recuso-me a torcer a desejar a nossa derrota só para ter razão nas críticas ao treinador. Isso é ridículo e alguns deveriam ter vergonha.

    Gostar

    1. João! és tu! que bom “ver-te” 😀

      concordo com tudo o que escreveste e mais o que estás a sentir neste momento e não tornaste público.
      lembra-te que “o Sol brilha sempre por cima das nuBens”. é uma frase-feita, um ‘cliché e soa um tanto-ou-quanto gay. mas penso que percebeste o meu ponto de vista. e, se para o ano formos campeões, como espero, vou à Figueira ajudar a “engrossar” o cortejo. está prometido!
      😀

      abr@ço
      Miguel | Tomo III

      Gostar

  2. 1º Grande escolha Metalleira.
    2º A imprensa continua a ser papel higiénico, mas de higiénico tem pouco.
    3º A meu ver este tempo todo sem ganhar nada, vai ser algo de óptimo para o Clube, para ver se há uma limpeza de casa.
    4º Estes links todos deixam um gajo com uma sede.
    5º Continue com o grande trabalho que tem feito, apesar de ter intervalos entre cada artigo, mas que dá sempre aquele “quando é que o próximo vem!?”.

    Abraços.

    Gostar

    1. @ Filipe

      1. obrigado.
      2. exacto. e só o “cheiro” é que difere, consoante se trate de um pasquim ou de um lixo tóxico.
      3. concordo. em absoluto. e, num passado recente, estivemos três anos sem vencer um título nacional e ainda estamos por cá. a única diferença é que ainda não havia (muitos) blogues.
      4. da próxima disponibilizo uma “geladinha” e um “pratinho de tremoços” para animar/desanuviar o ambiente 😀
      5. obrigado!, mesmo. fiquei comovido com esse elogio, o qual também traz muita responsabilidade. espero estar à altura do desafio e de corresponder a tais expectativas.
      ah! e o Senhor está no céu. tratamento diferencial só por “tu”, ok? obrigado. 😀

      abr@ço
      Miguel | Tomo III

      Gostar

vocifera | comenta | sugere (registo necessário)

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s