ode ao adepto visionário…

visioon© google

.
tu!

sim, tu! estou a dirigir-me a ti.
.

és grande, pá! enorme!

consoante o local onde te encontres, fica desde já a saber que és a(o) maioral da tua rua, vila, cidade, concelho, distrito, país, continente, mundo, galáxia, sistema solar, universo e arredores. é que não h(aver)á ninguém como tu! a sério!
explico.

tu és o supra-sumo da sapiência.

por exemplo, tu és quem confere directrizes antes mesmo destas verem a luz do dia (salvo seja!). outro exemplo: tu consegues prever a dura realidade antes mesmo dessa imprevisibilidade da eventualidade dos factos acontecer, sequer ser congeminada. e mais outro, ainda: tu já és um génio antes mesmo de tomares essa consciência, o que é um epifenómeno bastante raro de acontecer. tal como tu!
em suma: tu, que «nunca te enganas e raramente tens dúvidas» – aliás, nem te recordas dessa última vez, se é que houve… , sabes sempre tudo, de tudo e sobre tudo.
.

mas, vamos a situações concretas, na generalidade.
tu és capaz de antecipar a planificação de toda uma época desportiva sem sequer teres a honra de pisar o tapete, que antecede o hall de entrada, para os corredores onde se situam os gabinetes do P(h)oder.
tu, para quem Economia e Gestão são duas áreas sem quaisquer segredos, possuis a inata faculdade de gerar a produção de Relatórios&Contas com Activos máximos e Passivos no limiar do zero mínimo (ou quase lá perto).
tu é que és o entendido na matéria de contratações, sempre e desejavelmente sonantes, adquiridas ao preço da uva mijona e rentabilizadas ao expoente máximo das melhores mais-valias do clube. aliás, contigo todos os negócios seriam ao estilo Aly Cissokho: compre-se por dez euros e nem mais um cêntimo! e venda-se por dez milhões de euros mais o passe do jogador deles que nós queremos, e é se querem!, que há bem mais quem queira e ofereça melhor!”… ademais, os anos que tens passado a jogar Football Manager (e todas as suas cambiantes e variedades, independentemente da marca da consola), outorgam-te a tal, a essa capacidade inata de Gestão eficaz de um plantel (e por mais virtual que ele seja).
contigo ao leme e sem qualquer habilitação oficial que te confira um qualquer grau catedrático (no Futebol, ou noutra modalidade qualquer. não é isso que está em causa!), a equipa só teria vitórias e venceria todos os jogos, por cabazada e com imensa nota artística obviamente.
tu, que nunca estudaste Medicina mas passas bem por xôtor, és o tal que categoricamente afirma sempre que, contigo, não haveria jogadores lesionados e, quando estas surgem, são meros cortes que se saram com um curativo e/ou uma pomada e/ou paracetamol, cujo período de recuperação nunca seria superior a vinte e quatro horas. e, para ti, os conceitos de «desgaste físico», de «baixa de forma» e de «quebra de rendimento» têm tanta validade quanto as promessas eleitorais em ano de decisões políticas de fundo.
tu és aquele que, mesmo sem saber ler nem escrever, possui o talento inato para ter, na ponta da língua, todas as respostas a todas as questões, mesmo àquelas que ainda não foram colocadas. e para tecer os melhores considerandos em comunicados ímpares. aliás, estranhas o porquê de ainda não estares a chefiar o Departamento de Comunicação, dado que saberias sempre como proceder em conformidade, na maior brevidade e com as devidas agilidade e celeridade.
.

enfim… tu és quem melhor te quer a ti próprio e nos píncaros.
como tu não há mais ninguém, sequer poderá haver quem a ti se possa comparar na tua ausência.
prognósticos, contigo, à partida, acontecem antes mesmo de proferires que «só no fim do jogo», e de um desafio sobre cujos resultados finais só te debruçarás na Segunda-feira seguinte, e se tiveres tempo.
«eu é que sei…», «eu bem que avisei…», «comigo não seria assim», «estão a ver como aconteceu como eu previra?», «há uns tempos atrás afirmei precisamente que seria este o cenário», «ninguém me dá ouvidos…», «eu é que estava certo e correcto», são algumas das pérolas que costumas atirar aos Outros, aos que têm a obrigação de se prostrar perante a tua insana sumidade. e sempre, mas sempre!, com essa arrogante altivez orgulhosa da candura dos Soberbos, pois que não és capaz de admitir a crítica, o contraditório, a contra-argumentação, a oposição aos teus ditos. e, quando esta surge, também tens a falaciosa hombridade de confundir «direito à liberdade de expressão» com mentira, injúria, insulto e difamação.
.

em suma:

tu, neste espaço, não és bem-vindo!

e, para ti e exclusivamente para a tua pessoa, a porta da rua não é (sequer!) a serventia da casa pois que haverá sempre alguém a barrá-la, em nome de uma dignidade que não possuis, pois que a desconheces. em absoluto.

.
.
disse!
.

Anúncios

8 thoughts on “ode ao adepto visionário…

  1. Normalmente quando leio esses arautos da verdade e do conhecimento, o que faço é respirar fundo, contar até 3 e repetir para mim mesmo que essas pessoas tb têm direito a ter opinião. Fico lixado com elas por não darem tempo às coisas boas acontecerem e quererem tudo para ontem, como se não fosse preciso muito trabalho e algum tempo para obter os resultados que todos desejamos para o nosso clube.
    Um abraço

    Gostar

  2. caríssimos,

    muito obrigado! pela vossa visita e pelas vossas gentis palavras!

    no fundamental:
    este artigo não visa ninguém em particular, sequer de um clube específico, e independentemente do seu “orgulho”. o seu texto é genérico e adapta-se a qualquer visionário, inclusive das agremiações da Segunda Circular, pois que eles existem por todo o lado.

    concretamente, este texto mais não é do que um desabafo público perante o muito que li (e vou lendo), por essa bluegosfera após o desaire desportivo desta época, onde se questiona de tudo, todos os envolvidos e aventam-se todas as hipóteses (as plausíveis e as outras).
    confesso que já não tenho paciência para aturar esses adeptos “visionários”, com uma visão muito própria: a crítica negativa e brejeira.

    somos Porto!, car@go!
    «este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

    abr@ços a «ambos os sete» 😀
    Miguel | Tomo III

    Gostar

vocifera | comenta | sugere (registo necessário)

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s