contra a corrente…

contram© google
.

caríssima(o),

estou de volta a este nosso conBíBio, mas bastante desanimado, confesso. e não é só por ter regressado à labuta e já estar a ougar pelo próximo período de férias, não é só… explico.

as brevíssimas linhas que se seguem surgem no decurso da mais recententrevista do Nosso Grande Presidente ao pasquim do Quim Oliveirinha (aqui), com posterior análise na edição impressa do pravda desta Quarta-feira (aqui) [modo de ironia off‘].
e no seguimento de
sta “posta” aqui, da autoria do Jorge Vassalo (FC Porto universal), com esta outra aqui, do Vasco (blue overlap), em consonância com esta aqui do imBicto Belho (imBicto poema) e estoutra aqui do Silva (a tasca do Silva).
e no «inconseguimento» de autênticas merd@s como estas aqui, e aqui, e aqui  as quais curiosamente provêm desse mesmo espaço (digamos assim) singular, no “maravilhoso mundo que é a bluegosfera”®, e que, constata-se, também tem muito «orgulho» no portismo que, mais do que o praticar, só faz por apregoar à saciedade e nada mais do que gabarolamente chamar a atenção para o que pretende tornar notório, com a devida ostentação reflexiva…
e, c
laro está!, ao que, em tempos (não muito) idos em Novembro de 2013 publicamente manifestei no meu singelmanifesto.
.

em suma e enquanto a chichinha não «pula e avança» em termos oficiais:

a pertinência de discussões várias, quais conversas de surdos, sobre temas tão variados e multifacetados como: a definição definitiva do plantel, antes do fecho do mercado de transferências; o custo efectivo dos direitos desportivos e económicos dos jogadores do plantel (vulgo “passes”), antes da apresentação do Relatório&Contas consolidado sobre a época desportiva de 2014/2015; as (eventuais) percentagens de comissões aquando das mais variadas transferências; as qualidades conaturais, intrínsecas, inatas e ingénitas, dos reforços, antes de uma avaliação nos jogos “a doer”; a análise exaustiva a jogos de pré-época e/ou de preparação de uma época que se avizinha longa, apontando defeitos e virtudes onde o que está em jogo é tão-somente o prestígio e o bom-nome do Clube (o que já não é pouco, eu sei!), é tão produtiva e tão profícua como, por absurdo, um qualquer debate sobre tudo o que antecede a extracção das bolas para o euromilhões e a suposição da previsão dos números que irão calhar em Sorte…

portanto e assim concluo, não contem comigo para, mais do que perder tempo a debater o sexo dos anjos, alinhar numa diatribe quase que bipolar, em plena silly season futeboleira, conferindo mais “armas de arremesso” para os nossos queridos inimigos nos poderem dividir (ainda) mais do que a própria nação portista tem feito ao longo destes dois últimos anos. e que, atrevo-me a escrevê-lo, até tem conseguido com relativo sucesso (inclusive de uma forma reflexiva, não sei se me faço entender).

.
disse!
.

Anúncios

8 thoughts on “contra a corrente…

  1. Desanimado?? Era o que faltava! Dois cachaços que te viro, ai o caraças!
    Independentemente das agendas, vais ver que estaremos todos a celebrar em maio. Todos! Sim, esses também…
    Senão, é sacholas para toda a gente 🙂
    Abraço

    Liked by 1 person

vocifera | comenta | sugere (registo necessário)

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s