não sou quem o afirma… [actualizado]

jorgemaia© pasquim do ‘quim oliveirinha
(clicar na imagem para ampliar)
.

interessante artigo de Jorge Maia, publicado na edição impressa, do pasquim do ‘quim oliveirinha, desta Quinta-feira.
também eu partilho das suas «inquietações», as quais são comuns a muitos portistas desta praça – sobretudo perante o silêncio dos máximos dirigentes da arbitragem tuga em relação a estas confirmações, na primeira pessoa. infelizmente para o ‘bitó e ao contrário de Marco Ferreira, aquele já se encontra retirado, não é?… são este tipo de dualidades de critérios que, de facto e comprovadamente, me/nos inquietam o espírito da ‘coisa’.

mas não será só a mim/nós, estou em crer, dado o afã de alguém, em nome da Estação de Queluz (não, obrigado! não fumo), andar entretidinho a censurar todos os vídeos acerca do último “prolongamento”. e como ainda nem sequer chegamos aos descontos, estamos conversados…
acima de tudo, convém referir sempre o seguinte, porque esta é que é a verdade:

as ofertas do 5lb possuem valor comercial e contrariam o que está regulamentado nas normas e instruções para árbitros (aqui), a páginas 42.
.

por último, não posso deixar passar em claro que, no jornalixo tuga, ainda há muito “boa gente” que «gloriosamente» se preocupa em «varrer a porcaria» que sempre – mas sempre! – se denuncia quando o carnide está envolvido.
a edição impressa de ontem, do pravda da Travessa da Queimada (aqui), é disso exemplo – já para não referir a inusitada pacatez do sempre afoito e insolente rato de esgoto, com caracóis gelosos, mormente quando se trata de atacar o nosso clube do coração, e que possui um generoso tempo de antena na estação de televisão de carnachique
.

post scriptum pertinente:

» aqui e para memória futura, o vídeo integral da peixeirada que, pelos vistos, causa muita “comichão”, a muito “boa gente”, o qual não disponibilizarei no ‘youtubiu‘ por razões que eu cá sei.

» aqui, a edição impressa do pravda da Travessa da Queimada, desta Quinta-feira, na qual se fica a saber que: o papa-hóstias do bagão (in)felix debruça-se (outra vez) sobre o (des)acordo ortográfico; o sr. carlos, com um interessante apelido de substantivo colectivo para aquilo que ele (efectivamente) é, aborda a questão da «rebeldia» do burro do Carvalho; o gosma da selva defende-se das acusações desta semana com o pito dourado (aos saltos e bem altos, que ele é o mais maior grande lá de carnide); o pastelão de Belém do ‘sinhôre’ serpa, no seu editorial… nem uma palavra sobre as ofertas ilegais do carnide a árbitros.
mais um exemplo do conveniente silêncio comunicacional, conivente com um «glorioso» estado de preservação de uma instituição com a qual paulatinamente se vai perdendo o Respeito. e que tem milhões, sim senhor – não de adeptos, mas de dívidas, de maroscas, de tramóias e de “elefantes brancos”.

ah! a páginas 09 também há um interessante esclarecimento do “ónião” da Medeira, sobre o imbróglio do nevoeiro, ou do estádio que o Jardim não quer ceder, ou lá o que é – que por ali ninguém se entende, a não ser em saber de gastar milhões a rodos, que cá a gente, «os cubanos», temos mais é que contribuir para a «insularidade» e mai nada!
(e sem pretender ofender seja quem for, sobretudo se madeirense, mas porque é exactamente o que penso quando leio que, pela pérola do Atlântico, se “fala” em milhões com a mesma simplicidade que eu em cêntimos.)

.
disse!
.

Anúncios

3 thoughts on “não sou quem o afirma… [actualizado]

vocifera | comenta | sugere (registo necessário)

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s