not@s soltas de uma goleada…

uniao03© sapo
.

1)
.

Silva, vou começar por ti, hoje, pá!
a equipa, ou alguém em nome desta, leu as tuas preces, em jeito de aviso (bem) sério e pertinente. ainda bem! resultou em cheio 😉
.

2)
.

confesso publicamente que, de imediato, franzi o sobreolho, após ter tido conhecimento da convocatória de Lopetegui para o desafio ante o «’ónião’» -principalmente esse meu desagrado pelo «Basco», como “carinhosamente” alguns o tratam (mesmo afectos à nossa cor…), ter preterido o ‘kinder‘ Bueno. mas depois lembrei-me do calendário para o corrente mês de Dezembro e da carga de trabalhos que a Equipa terá até às Festas Natalícias. e de como há que preservar a forma física de alguns para os desafios duros que se avizinham. e depois pedi a todos os santos, santinhos, anjinhos, anjos e marmanjos, para que Lopetegui não “inventasse” (mais uma vez). e depois tentei sossegar o meu (já de si, muito ansioso) estado de espírito. e depois pensei que nunca mais chegava Quarta-feira e o raio do jogo. e depois, hora e meia antes do seu início, surge a notícia de que talvez não se realize, devido ao nevoeiro (novamente). e depois cheguei a casa, e imediatamente “fui inácio” (pois só se fosse muito, demasiado tolinho, bem para lá do que já sou, é que insanamente subscreveria a sporttv. chulos do carvalho da silva!)…
.

3)
.

da partida propriamente dita, gostei bastante daqueles vinte minutos iniciais onde, pela primeira vez, esta época, vi interesse em se procurar o golo seguinte ao anterior. e assim, num espaço de singelos 23′, atingimos a marca de 0-3 a nosso favor – singelos para o «’ónião’», entenda-se, que poderiam ter sido mais dois.
e quero lá saber do chouriço no nosso primeiro golo: o Herrera marcou, pessoal! à ponta-de-lança! e de cabeça! e até acertou na maioria dos passes que executou, inclusive nos de meio metro de distância para o colega de equipa! fez-lhe mesmo (muito) bem ter recebido o Dragão de Ouro! (ironias à parte, fico mesmo muito feliz pelo moço. e pelo que de positivo contribuiu para o jogo colectivo da Equipa, esta noite). acho que também já merecemos este mijinh… esta «estrelinha de campeão», o mais novel eufemismo por parte do “mestre calimero”®, nos nossos jogos.

depois (i) do que (não) se fez nos dois últimos jogos e da stressante carga emocional que os jogadores traziam, de (ii) se ter conseguido o mais difícil – inaugurar cedo o marcador e antes do adversário -, de (iii) se ter atingido o que realmente se pretendia – obtenção de um resultado confortável e que não nos colocasse (novamente) em perigos desnecessários -, de (iv) se solidificar o nosso propósito inicial, com aquele (para mim) golaço intencional de Corona, e (v) tendo em atenção o tal calendário sobrecarregado, assistiu-se a uma natural descompressão por parte da equipa. esta descompressão durou o último quarto-de-hora final da primeira parte e todos os segundos 45′.
foi também o período em que sugiram alguns erros defensivos (de “dobras”, de marcação, mas sobretudo de cobertura de espaços), que inclusive chegaram a irritar Casillas (que voltou a ser decisivo, em duas intervenções soberbas, na segunda parte). neste capítulo, Marcano pecou um pouco, dando-me a sensação de estar a acusar um certo desgaste físico, ele que (para mim) é o esteio da nossa defesa. como houve oportunidade para Maicon ganhar ritmo em competição e porque a partida ante o Chelsky está já aí, pode ser que descanse ante o Paços de Ferreira…
.

4)
.

já agora, em termos de análises individuais e para lá das já citadas, gostei de Layún (com mais duas assistências para a sua contabilidade), da garra do Victorio Páez, da forma como Danilo (pre)encheu o nosso meio-campo com a omnipresente ajuda de André², da irreverência de Corona (nunca deu um lance por perdido!) e da magia de Brahimi (e enquanto teve “pilhas”).
em sentido contrário, Osvaldo e Varela passaram ao lado do jogo. mais uma vez. e infelizmente (para eles, para o treinador e para os adeptos).
.

5)
.

uma palavrinha rápida para o apitador de serviço, esta noite.
como “matámos” cedo o jogo, os seus intentos foram liquidados à nascença. mesmo assim, sabe-se da sua Paixão para connosco: por exemplo, sempre subtil a gerir os contactos a meio-campo e os toques que podem (ou não) desequilibrar os jogadores e tal. e, de facto, ele é «como o algodão: não engana», nem esconde para o que vem. mal teve a oportunidade, (in)tentou reequilibrar os pratos de uma balança que pendia favoravelmente à nossa cor. e se é certo que Osvaldo “pôs-se a jeito”, por várias vezes, ao longo do tempo em que esteve em campo, também é lícito afirmar que o artista paulo monteiro tem muita queda para o teatro, sobretudo para o género dramático…

[mas como o “cardeal” vitó não dorme em serviço e já a tem filada, eis que surge a nomeação do xistrema para a nossa recepção ao Paços. se isto não fosse absolutamente ridículo, até poderia considerar risível…
e, neste entretanto, pergunto-me se há alguém na Estrutura que também esteja tão incomodado e/ou preocupado e/ou revoltado como eu estou com os acertos do «nomeações»…]

.

6)
.

resultadof© Tomo III
(clicar na imagem para ampliar)
.

por último mas não menos importante, o meu sentido “muito obrigado!” a quem se predispôs a abdicar de uns minutinhos do seu precioso tempo, e acedeu ao convite feito na Segunda-feira.

aqueles são os resultados, os quais não me surpreenderam (em termos de escolhas), mas tão-somente no número de votantes: uns (para mim) incríveis 117 votantes. confesso que não estava à espera porque, ainda no (entretanto desaparecido) ‘Tomo I‘, na única sondagem que por lá realizei, só 15 visitantes é que o fizeram (e até estou em crer que aquele número peca por excesso e não por defeito)…
mais uma vez, o meu singelo “muito obrigado!” a todas(os)

já agora, informo que o propósito foi unicamente sentir o estado de ansiedade de quem visita este espaço, com regularidade e por Bem, e se seria o único a sentir-me como descrevi no ponto 2) desta crónica…
estou em crer que transmitimos boas vibrações para os nossos 😀

.
e agora, com a tua licença, vou ver os resumos (i) da partida da equipa B, (ii) da partida de andebol, ante o Madeira SAD, na pérola do Atlântico e (ii) do jogo de basquetebol, para a Taça FIBA.

.
disse!
.

Anúncios

5 thoughts on “not@s soltas de uma goleada…

  1. Obrigado Miguel. Mas estás enganado. Ninguém leu. Estavam a ver o jogo dos miúdos 😉
    São dois chouriços, o do Herrera e o do Corona. Mas é fumeiro de primeira! Nada cancerígeno. 🙂 Veremos a qualidade da carne processada dos Calimeros na Ilha. Quanto a nós, isto só serviu para alguma coisa se aviarmos a malta dos móveis com a mesma eficácia. Se der para acrescentar um bocadinho mais de qualidade, tanto melhor. Se não, dane-se, pode ser à chouriçada outra vez! Abraço.

    Liked by 1 person

  2. Miguel,
    Tudo bem, mas…
    Na minha opinião o Osvaldo não marcou qualquer golo, mas correu que se fartou e serviu para desestabilizar (cansar) aquela defesa e apesar de não ganhar lances nunca a deixou sossegada. É um jogador experiente e sabe estorvar como poucos… Parecendo que não, a sua acção foi muito importante… Não marcou ele , mas deu ensejo a que aparecessem os colegas… Creio não estar errado… mas tu dirás de tua justiça…

    Abr@ço,

    http://www.dragaoatentoiii.wordpress.com

    Liked by 1 person

  3. Não é tão simples? É não é?
    Com responsabilidade, empenho, compromisso.
    Agora pede-se nova dose do mesmo para este sábado e esperar que haja uma brisa vinda do Atlântico que nos leve para 1º.
    Este plantel é capaz de um dia para outro trocar os nossos niveis de confiança.

    PS: Aquele paixão tem mesmo jeito para fazer “paixonetas”.

    Abraços.

    Liked by 1 person

vocifera | comenta | sugere (registo necessário)

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s