curt@s (e grossas)…

basquetebol© google | Tomo III
.

caríssima(o),

o descalabro desportivo, do passado Domingo, em Oeiras, (como que) “cegou-me”, só que numa escala bem menor do que ao “nosso” ‘enfant terríBel‘, como se comprova na sua mais recente NORTADA, sob o “auspicioso” título “quando se faz tudo para se perder… consegue-se!” (aqui e também aqui), presente na edição impressa, do pravda da Travessa da Queimada, desta Terça-feira (também aqui) – e cuja qualidade, para uma leitura fácil e acessível, não é, de facto, a melhor, motivo pelo qual e desde já, te apresento as minhas desculpas.
mas, do quotidiano azul-e-branco, felizmente que aquele não foi o único evento desportivo onde o brasão abençoado participou. assim sendo, é da maior e da mais elementar justiça, que se destaquem as vitórias: do hóquei em patins, no sempre e tradicionalmente difícil pavilhão de Paço de Arcos, avançando para a ‘final four‘ da Taça de Portugal; dos Sub-19, na recepção ao Paços de Ferreira e que permite manter a liderança isolada, rumo ao tão ambicionado bicampeonato; do basquetebol, no primeiro jogo da final dos ‘play-off‘ e do brio patenteado na segunda partida, num encontro onde, sempre em desvantagem nos três primeiros períodos (18-23, 32-42 e 62-68), o 5lb logrou a reviravolta no quarto e último parcial.

já agora e a propósito dessas duas partidas de basquetebol:
mais uma vez, a (basta e muito «gloriosa») edição ‘online‘ do pravda da Travessa da Queimada, patenteou a sua falta de brio e de profissionalismo, em se ser jornalista desportivo [tosse], não conseguindo disfarçar a azia, essa sua «gloriosa» bílis, sempre que a agremiação, para a qual são um órgão de comunicação (mais do que) oficioso, e para cujo «glorioso» pagode (agora dizem que são «catorze milhões»…) ridiculamente se transformam em meros comerciantes de papel jornal, os desilude.
mais uma vez, verificou-se uma estúpida diferença de tratamento editorial (ia escrever jornalístico…), onde foi gritante o destaque que mereceu a derrota que o 5lb nos infligiu, em relação à vitória que lhes impusemos no Sábado: aquela teve «gloriosas» honras na página principal, quando esta última foi remetida para lá de meio da página do separador “modalidades”, e muito depois de outras notícias (porventura, bem mais) importantes para o estado lampiânico – inclusive antes daquela outra que referia que o ABC acabara de se sagrar vencedor da última edição da ‘Taça Challenge’, em andebol, ante o… 5lb, pois então!
são uma cambada de tristes, é o que é… e, apesar de todos os convites para galas dos Dragões de Ouro que tiverem, sempre que puder, cá estarei para denunciar estas filhas-da-putice.
.

basquetebol© ojogo | FC Porto para sempre
(clicar na imagem para ampliar)
.

nota prévia e muito pertinente:
que fique bem claro que não foi pela arbitragem do ‘shôr‘ artur soares (e que já teve melhores) dias que o FC Porto perdeu aquela final da Taça de Portugal, antes por erros próprios (e inadmissíveis em alta competição).

a imagem acima é uma súmula desta outra aqui, onde se comprova que não houve erros de grande monta e que a partida em causa foi mesmo tranquila para o sexteto de árbitros que nela estiveram envolvidos. mesmo assim, não há como escamotear esse facto evidente de que houve um(a) matrafona que, em todas as grandes penalidades, lá deu os dois passos em frente da praxe – sim!, lampiões, tal e qual como o Beto, ou até o artur, em 2014.
agora, mais do que carpir por essa “mágoa”, pergunto-me onde estarão os mesmos que tanto atacaram o Beto, a 15 de Maio de 2014 e que, dois anos volvidos (!!!), ficaram emudecidos, caladinhos que nem ratos (que são), no mesmíssimo pasquim onde vomitam todo o seu anti-portismo básico (por que primário)?… ah!, já sei! consciente e deliberadamente optaram por parabenizar o 5lb do Minho, pelo «brilhante jogo» que realizaram: todos ao ataque, bem fechadinhos atrás da linha do meio campo.

neste entretanto, jorge coroado, no artigo “há muito a mudar“, na edição impressa, desta Terça-feira, do pasquim editado pelo ‘quim oliveirinha (aqui), escreve que (e cito) «não consegui entender como nenhum dos elementos da equipa de arbitragem, colocados sobre a linha de baliza, descortinou que matrafona se adiantou sempre antes da execução dos atacantes!», legitimamente questionando «para onde olhavam os juízes de baliza?». eu acho que sei a resposta (aqui)…
ah! e mais do que «bom senso», acho que as recomendações do International Board vão mais no sentido de que se cumpram as leis do jogo, mormente o disposto na Lei #14.
.

basquetebol© el mundo
(clicar na imagem para ampliar)
.

o quê?! comissões?! transferências inflacionadas?! esquema muito próximo de uma escandalosa («gloriosa»?) lavagem de dinheiro?! a envolver o 5lb?! não pode ser! a reportagem do jornal espanhol ‘El Mundo‘ (aqui e aqui) com toda a certeza que está equivocada, tal e qual aquela outra, do ‘L’Equipe‘, em Julho de 2015 (aqui), a propósito das transferências para o AS Mónaco! isso de comi$$õe$ é só a Norte do Mondego, pá!

.
disse!
.

Anúncios

6 thoughts on “curt@s (e grossas)…

  1. Gostei muito deste post. Fala do que os outros normalmente se esquecem de referir, mas que se calhar é mais importante do que falar se o Peseiro fica ou vai…

    a) é bom que se fale como o fim de semana começou tão bem para as nossas cores – se houver glória e títulos, estão todos prontos a referir; se houver falhanços a apontar, mas esquecem-se normalmente quão difícil são esses títulos e os “milagres” que o bom e continuado trabalho de bastidores origina …
    (o que esta equipe de basquete está a conseguir não tem igual em parte nenhuma do Mundo…é incrível apenas. )

    b) é bom que não se deixe de referir o que de mal nos querem fazer… Pena é que eles tenham dito e com todas as letras, o que querem: “PdC está ligado à derrocada”, e os portistas não compreendam qual é o golpe e até estejam de acordo!
    1) não existe nenhuma derrocada, estamos aqui e estamos bem vivos;
    2) só existirá uma derrocada se a gente deixar de ser unida e começar a disparar para todos os lados, em vez de para o lado em que devemos!…

    Liked by 1 person

  2. PS: Se tivesse tempo, era muito bom um post só sobre as transferências… (inclusive no caso do André Gomes as comissões e o que foi declarado como benefício da venda ultrapassa o que foi dito que foi pago! …)

    Liked by 1 person

  3. Por que é que os nossos adeptos não vêem os ataques que nós sofremos, de muitas “entidades” e ainda assobiam a Nossa equipa?
    Estamos a ser achincalhados por estes “seres lixomanos”; e, quanto mais assobiam, mais tornam o FC Porto mais fraco [sendo que o só o facto de se ser do FC Porto significa que nunca se fique fraco].

    em suma:
    FC Porto = Apoio
    exterior ao FC Porto = assobios.
    Get it?

    Abraços.

    Liked by 1 person

  4. caríssima Reine, caríssimos,

    muito obrigado! pela vossa visita e pelas vossas gentis palavras!

    no fundamental:
    acima de tudo e sem qualquer pretensão bacoca e/ou soberba, porque não é nada disso que se pretende, há que educar as massas, numa salutar mudança de atitude dentro de nossa casa.
    acho que o Clube – quem o gere e é pago para pensar sobre estas questões, também – deveria dispensar um tempinho sobre a importância de (re)Educar a multidão que se desloca ao Estádio com o intuito de apoiar (?) a Equipa. não me esqueço daquele eficaz cartaz: “enquanto se canta, não se assobia”. mensagem plenamente eficaz; pena que não tenha tido continuidade…

    somos Porto!, car@go!
    «este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

    abr@ços a «ambos os três» 😀
    Miguel | Tomo III

    Gostar

vocifera | comenta | sugere (registo necessário)

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s