guerras do alecrim e da manjerona…

© google | Tomo III
.

.

« 2. Soube, pela crónica do Pedro Marques Lopes, meu amigo e correligionário, que o “Dragões Diário” me tinha desferido um ataque infame, em resposta à minha discordância expressa sobre a contratação de NES. Não a li e nem sequer me dou ao trabalho de a ir ler. Tenho coisas muitos mais interessantes e urgentes para fazer na vida, do que ler os textos pestilentos que alguns cobardes anónimos publicam na net e, neste caso, a mando de outrem.
Uma das decisões mais acertadas e saudáveis da minha vida foi a de nunca pertencer ou frequentar redes sociais, blogues e coisas afins: poupo tempo, poupo paz de espírito e poupo-me ao nojo de conhecer, mais de perto, o rosto da insídia, da calúnia, da inveja, da absoluta miséria moral dessa gentinha que substitui o debate de opinião pela facilidade do insulto e da calúnia anónima. No mundo em que fui educado, as pessoas têm a sua opinião, justificam-na e assinam por baixo; o resto é esgoto. E o mínimo que posso fazer é dar-lhes a saber que nem sequer perco tempo a lê-los.
»

Miguel Sousa Tavares, in ‘pravda’ (aqui).
deduz-se que depois de ter ido caçar perdizes (sóbrio).

.

caríssima(o),

as linhas (#notmadeinporta18forsure), ali em cima, são um excerto da mais recente NORTADA, pela pena do “nosso” ‘enfant terríBel’, Miguel Sousa Tavares, sob o título “a hora do Espírito Santo” (aqui). são palavras duras, pejadas de raiva e carregadas de muita indignação, que se compreeendem, e que, apesar de terem um destinatário (muito) concreto – quem assina a ‘e-letter’ do Clube – provocaram-me mal-estar e um certo desconforto emocional.
acima de tudo, recuso-me a ser apelidado de «esgoto» só porque administro um blogue. não me refugio no covarde anonimato (que abomino), sequer numa qualquer alcunha (vulgo ‘nickname’), pois tenho nome próprio e dou a cara por ele, com muita honra e orgulho, assinando todas as declarações que teço. mais: o blogue que administro é um espaço de discussão pública em torno de um Amor comum a muitas(os) de nós, o qual, ao longo das suas três edições, nunca serviu para caluniar e/ou insultar os seus pares “só porque sim”, antes pelo contrário. aqui, desde Sempre e porque assim fui ensinado, preza-se o Respeito e prima-se pelo bom-nome dessa instituição centenária que é o Futebol Clube do Porto. e, tal como o autor da prosa em causa, também nada se pretende receber em troca, a não ser (por vezes) o grato reconhecimento de quem tem a pachorra para me ler – pelo que me recuso a entrar nessas guerrinhas de medidor de portismo, o qual, como se sabe, não é maior (nem menor) do que o teu, tão-somente diferente.

assim sendo, é por “isto” tudo que me senti ofendido com aquelas palavras. e que (ainda) não consegui calar a minha revolta interior. e que, por saber que quem as escreveu, (cobardemente?) recusa-se a receber correio dos seus leitores, mesmo que lhe seja dirigido via CTT, em carta registada com aviso de recepção, redigi este texto para também expressar publicamente o que me vai na alma: que é de uma injustiça tal que o Miguel Sousa Tavares inclua, no que apelida de «gentinha» e de «esgoto» muitos de nós, ‘bloggers’ desse maraBilhoso mundo que é a bluegosfera que, em prol do Clube e ao contrário de muitos opinadores, como o Andersen, que recebem consideráveis avenças, são tudo menos «o rosto da insídia, da calúnia, da inveja, da absoluta miséria moral».
e, para comprovar que assim não o são, fica desde já lançado o repto à figura em causa para, já no próximo dia 11 de Junho, um Sábado, bem pela fresquinha, comparecer no Dia do Clube, o qual terá lugar em Rio Tinto (mais informação aqui). constatará, com os seus próprios olhos, que está muito equivocado e pejado de ideias-feitas e de lugares-comuns, sobre as redes sociais – ou sobre alguns dos “segmentos” destas últimas.
.

por último, num comprimento de onda bem diferente mas que, mesmo assim, não deixa de ser igualmente importante, algo completamente surreal (ou talvez não).
consta que a juíza Anabela Gomes Marques, a propósito daquela acção que o 5lb intentou contra o ‘chiclas’, e que lhe atribuiu o (irrisório? risível? ridículo? anedótico? patético?) valor de 14 milhões de euros de indemnização – «um euro por cada adepto», afirmou-se, na altura – considerou «ineptas» as “provas” apresentadas, pelo 5lb, naquela petição judicial contra jorge jeBus. e afirmo «consta que», porquanto que tem sido uma não-notícia para os me(r)dia tugas, que tudo têm feito para a remeter para uma nota de rodapé. e, por «ineptas» entenda-se, em linguagem leiga, que o Tribunal considerou que «faltam elementos que clarifiquem aquela acção» apresentada contra um seu antigo funcionário. e que, agora, os advogados da agremiação de Carnide «têm 10 dias úteis para reformular a petição judicial inicial». e que, caso a nova argumentação seja aceite pelo Tribunal, então avançar-se-á para julgamento (cuja primeira sessão está já marcada para o dia 5 de Janeiro de 2017).
por outro lado, caso a juíza considere que a «ineptidão da petição se mantém», então ela será declarada nula e o caso nem sequer irá a julgamento, com o 5lb a não poder a voltar a apresentar uma outra acção pelos mesmos factos. esta segunda hipótese é a mais plausível, o que seria uma derrota, em toda a linha, mesmo as #madeinporta18, contra quem andou a propagandear que o Carnide se sentira «lesado» pela mudança de camisola que o jeBus fez – qual corno, no fundo, que é sempre o último a saber das novidades… e, por «corno», entendam-se (também) todos aqueles «14 milhões de adeptos» do 5lb, mesmo os ilegais, que foram incluídos numa acção judicial em seu nome, e com a “agravante” de verem o seu lampionismo ter o valor (simbólico, ou não) de um mísero euro. adiante.
como aquela segunda hipótese – de tudo ser considerado uma grande falácia, vulgo «inépcia» – é a que “mais pernas tem para andar”, já há quem se movimente para fazer pressão alta sobre a juíza do processo em causa (vídeo elucidativo aqui). fossem aquelas palavras proferidas por um vice-presidente do FC Porto, num processo em que o Clube estivesse visado… já teriam caído o Carmo, a Trindade, os Clérigos, a Sé, a Misericórdia, os Congregados, os Grilos, a de S. Francisco, Cedofeita, e outra tanta mais igrejas da ImBicta

.
disse!
.

Anúncios

10 thoughts on “guerras do alecrim e da manjerona…

  1. Já sabes que quem não percebe nada de net, leva tudo numa bola. Não levo nada disso a mal, muito pelo contrário. Acho até que ele tem razão: ataques a filhos são uma baixaria.

    Há 50 mil razões para atacar o MST, essa nunca poderia ser uma delas – muito menos quando já se fez deste géneros de pedidos ao próprio.

    Abraçom

    Liked by 1 person

    1. @ Jorge

      é óbvio que o ataque ao Miguel, via e-letter do Clube, em dois dias seguidos, foi baixo, vil e um ultraje à sua pessoa, como o referi em tempo próprio. nada o justificava, sequer que se divulgassem dados particulares, com o Clube a perder toda a razão que lhe assistisse nessa “causa”.
      agora, da mesma forma que não gostei das respostas do ‘Dragões Diário’, também não gostei do que o Andersen afirmou sobre nós – eu, tu e todos quantos administram blogues em que se dá a cara e o nome. «esgoto»?! «gentinha»?! é pá, menos, ó Tavares! bem menos, que não me conheces de lado algum para tecer tais considerandos sobre mim (e sobre os meus)!

      abr@ço
      Miguel | Tomo III

      Gostar

  2. O Miguel (Miguel, Miguel ST, não o Miguel, Miguel Lima, uma pessoa que fiquei deveras honrado em o ter conhecido e em o ter como Amigo – bem hajas Miguel!!!), não gostou da forma como foi tratado pelo DD e com muita razão, mas e como pelo rabo torce a porca, acaba por fazer a mesmíssima coisa aos bloguistas!!!!

    Gente fina é outra coisa!!!!

    Liked by 1 person

  3. AH! E já agora, ó MST, estou-te grato por teres sido uma das MUITAS vozes que defendeu o FC PORTO (é que para teu ego, não foste o único!), mas uma coisa é opinião, outra é o achincalhamento (prontos, humilhação em literacia Andersen)… o Herrera, o Varela, e até agora o NES que o digam!!!!

    Liked by 1 person

  4. Eu gostava aqui de fazer uma pergunta um pouco inocente.
    Será que MST estava mesmo a referir a todos os blogues, ou só mesmo aqueles – não administrados por Portistas – em que se escreve com uma maneira de atingir o Clube?
    Como ainda não sei se MST já teve problemas com a Bluegosfera, fica esta questão.
    É porque existe por aí muito blogue interesseiro pronto a achincalhar o quer que seja.

    Quanto a última parte do artigo, é só dizer que é mais uma forma de safar certos “coitados”.

    Por último dou felicitações a toda a Bluegosfera onde se tem defendido o Clube com tudo.

    Abraços.

    Liked by 1 person

  5. O MST só demonstra que o ataque foi pequeno. Continua a comer à pala de minar o FC Porto. Foi um dos que promoveu o mau ambiente com o Lopetegui é já está a fazer isso com NES.
    Acho que merece isso é mt pior. É neste momento um dos maiores inimigos do FC Porto.

    Sobre a pressão alta, é o normal. Já deveríamos estar habituados.

    Abraços

    Liked by 1 person

  6. Eu chego a sentir vergonha de ter “portistas” como esse senhor (letra pequena de propósito…)

    Ficam ofendidos por ele?! E os vis ataques que ele faz sistematicamente ao nosso Clube?!
    A SAD… Aos administradores… Aos Treinadores… e, como já bem disseram, Vítor Pereira, André Villas-Boas; Lopetegui e agora o NES…

    Ele, de facto, fala bem… mal, de todos e sempre, para, no final, vir dizer “ahh! eu desde X que digo isso|”…
    Falou mal do Moutinho… e não se retratou…
    Falou mal do Jackson. .. e não se retratou…
    Falou mal do Hulk… e não se retratou…
    Chegou a dizer que o Jackson era muito «feio»?!…
    Dizia maravilhas do Iturbe… onde anda ele?
    Dizia maravilhas do Quintero… onde anda?
    Dizia Maravilhas do Candeias…. onde anda ele?

    Quer dizer das pessoas o que Maomé não disse do toucinho, e depois não gosta “do troco”?!
    Eu também fico f*dido com algumas merd@s do Helton, do Varela ou do Herrera… mas não os uso para descarregar a minha bílis ou os meus ódios de estimação!

    Quer falar como Portista? Que pague as cotas e que vá às Assembleias Gerais…

    Os “velhos do restelo” tiram-me mesmo do sério!

    Abraço.

    Liked by 1 person

    1. @ xebeu

      antes de tudo o mais, obrigado pela visita e pelas gentis palavras. e desculpa por só ter publicado o teu comentário quase 72h depois de o teres redigido. o que se passou é que ficou “retido” devido à palaBrona nele contida 🙂

      quanto ao Essencial e ao seu teor, mais uma vez há sintonia no nosso estado de espírito. eu já só publico as ‘nortadas’ por respeito a quem visita este espaço à sua procura.

      abr@ço forte
      Miguel | Tomo III

      Gostar

vocifera | comenta | sugere (registo necessário)

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s