dessas capitais diferenças (II) [actualizado com ‘brasão abençoado’]

futuro© google | Tomo III
.

caríssim@,

as linhas que se seguem (#notmadeinporta18) surgem depois do Jorge já se ter antecipado (e bem!), sobre um mesmíssimo assunto, acerca da Comunição Oficial do Clube. é só para que se perceba como “isto” está tudo concubinado entre nós tod@s, ‘bloggers‘ «avençad@s da $AD», para que nada falhe e para que a mensagem passe e de forma efectiva [modo de ironia ‘off‘]…

de regresso a um tom (bem) mais sério, ontem o Presidente falou (vídeo oficial do discurso aqui). fê-lo no Marco de Canaveses, a propósito da inauguração, naquele concelho, de nova Casa do FC Porto. (ou)vi-o, com toda a atenção, mas em diferido. e confesso que me senti completamente indiferente ao seu discurso principalmente porque, não estando à espera do lançamento de “uma bomba” (não seria o momento, sequer o local, mais oportuno para tal, no meu entendimento), legitimamente criei a expectativa (estapafúrdia?) de que houvesse “algo” mais do que os requentados recados aos abjectos jornalixo e me(r)dia tugas, e para lá do estafado remoque ao Centralismo que é tão característico neste “rectângulo à beira-mar (im)plantado”®. por exemplo: para lá daqueles recados, gostaria bem mais, muito mais!, que se tivessem indicado novas formas de agir perante os mesmíssimos sabujos e/ou pés-de-microfone que diariamente nos achincalham, a começar já na conferência de Imprensa de hoje (vídeo oficial aqui), de antevisão do embate ante o Vitória SC. mas, nada disso aconteceu e esta tarde, lá estiveram «os mentirosos e os aldrabões que querem formar a opinião de que há contestação e divisões dentro do FC Porto», alegres, impávidos e serenos, depois de proferidas aquelas palavras. e com direito a colocar questões, e a registar as respostas (que não foram monossilábicas, antes pelo contrário), e tudo!…
só faço votos para que «esses jornais da Capital, os que escrevem a vermelho e com veneno, e que são intrinsecamente centralistas, e que não podem ver o sucesso do Norte e do FC Porto» não venham a ser convidados para a próxima gala dos Dragões de Ouro – é que seria o fim da picada!…

e o que dizer das capas dos pasquins desportivos de hoje (aqui e aqui)? que efectiva, comprovada e factualmente, definitivamente “não contamos para o totobola”, de todo! ontem, houve duas intervenções presidenciais; hoje, só o «glorioso» ‘parzidente‘ [propositado] da agremiação de Carnide é que teve direito a destaque (vulgo, chamada de capa). acho que tal “diz” muito e revela bastante, da nossa condição: a de incapacitados – pois que revoltados, sim!, mas incapacitados, no Presente, para fazer frente a este estado de coisas
“ah! estás equivocado, pá! e a de OJOGO? não é mais para o azul? ou queres ver que és daltónico, ou «cego»?!” (como o outro – e já lá vamos)… pois… parece que houve divulgação da intervenção do nosso “papa” no pasquim do ‘quim oliveirinha, mas a Norte; abaixo do Rio Douro, a edição foi outra, noutros tons, e com o que consta no canto superior direito a ser merecedor de todo o destaque – ou seja: não “os” houve para que a edição do pasquim em causa fosse uma, e só a uma cor, porventura menos rubra… valor€$ mais altos se ergueram certamente… e talvez seja (bem) melhor assim, afirmo eu…
.

futuro© google | Tomo III
.

e é neste momento que faço a correlação para o vómito «cego» que um otário Ribeiro escarrapachou no lixo tóxico do grupo cofina, no decurso do dia de ontem – e cujo editorial pode ser lido aqui, aqui, aqui e aqui, para quem tiver esse interesse (mórbido).

o energúmeno do otário em causa é tão-somente director do lixo tóxico com maior tiragem do grupo em causa – o mesmo grupo que não deixa indiferente o nosso querido líder, mas cujo director do pasquim desportivo daquele foi convidado a comparecer na gala dos Dragões de Ouro, da época transacta.
o mesmo grupo que impinge imensos, bastos, “grupos”, em modos de “fardos de palha”, diariamente a quem o consome e sobre o nosso quotidiano, e ao mesmo tempo que sonega a pura e dura da Realidade das agremiações afectas à Segunda Circular.
o mesmo grupo que nos insulta – a tod@s nós, portistas indefectíveis – diariamente, e cujo editorial acima é só o último exemplo, e que mesmo assim não é impedido de colocar questões nas conferências de Imprensa em que o Clube está envolvido. pior: os elementos do Clube respondem, sem restrições, àquelas perguntas (!!!).

portanto, era (também) nestas alturas que convinha ter um Departamento de Comunicação que funcionasse em pleno e (passe o pleonasmo) de forma funcional, prática, activa. infelizmente não é isso que transparece para o Exterior, mormente para a massa adepta do Clube, onde me incluo. explico.
fosse eu a mandar, e imporia duas regras:

i) a antevisão dos encontros onde participassem as equipas do FC Porto e independentemente da modalidade em questão, seriam exclusivamente aos microfones do Porto Canal.
(esta situação já aconteceu num Passado recente, aquando da passagem do Prof. Luís Castro pela equipa principal de futebol, em 2013/2014);

ii) porque os regulamentos não o permitem, não seria vedado o acesso aos sabujos e/ou pés-de-microfone, dos me(r)dia tugas. nem lhes seria sonegado o “direito” de colocarem questões, antes pelo contrário. mas como adoraria ver respostas deste estilo aqui ou aqui, por parte dos nossos elementos… isso é que era, car@go!
(e refiro aqueles dois exemplos, porque são os que me assaltam sempre a memória nestas ocasiões, e porque partem de duas pessoas pelas quais “gosto” bastante e nutro muito “carinho”, como se sabe.)
.

e o que se vê actualmente? que nos gozam indecentemente, porque (ainda) somos os novos «bons rapazes», quando, em tempos (idos?) fomos os «feios, porcos e maus» do Norte…
mais: tudo com a “conivência” dos órgãos de comunicação oficial do Clube, com o Porto Canal à cabeça. e nem me refiram as “bocas” na e-letter, que essas, na minha perspectiva, ficam muito aquém das minhas (legítimas) expectativas.
pior: somos (somos?) uma estação de televisão, cujos elementos do Conselho de Administração são coincidentes com os do Clube, que “não é carne, nem é peixe”: nem se assume como um canal dedicado ao em exclusivo ao quotidiano do FC Porto, com múltiplos segmentos sobre este – os actuais representarão, quê?! 10% do seu tempo de transmissão diário? talvez… e talvez até esteja a ser generoso – nem consegue rivalizar convenientemente com os canais de informação, seus concorrentes no cabo (porquanto que não é generalista o suficiente para que seja visto a Sul do Mondego).
o exemplo mais recente do que afirmo no ponto acima é este aqui: voltaremos a transmitir jogos de um rival nosso, no Andebol (ABC), desta feita a contar para a Champions da modalidade. mais: vamos emprestar, ao ABC, o piso para os dois primeiros jogos que disputarão em Braga, e que não será no Pavilhão Flávio Sá Leite. agravante disto tudo: voltamos a ser os «bons rapazes» (papalvos?) desta estória, uma vez que (literalmente) não estou a ver que, numa situação idêntica, mas com a inversão dos seus protagonistas, haja reciprocidade para novo «acordo de princípio», antes pelo contrário…
bem sei que “fica bem na fotografia” toda esta cordialidade, à qual a figura incontornável de Carlos Resende não será alheia (por ter sido brilhante atleta nos dois clubes), mas convenhamos que há limites… e até estou para ver (#not) se a gala deste ano, dos gverreiros do Minho, voltará a ter honras de destaque na programação do Porto canal – e depois de tudo o que (des)Norteou a contratação daquele rafeiro… isso sim!, também seria o fim da picada!…
.

futuro© pravda
(clicar na imagem para ampliar)

.

disponibiliza-se à saciedade, o mais recente BRASÃO ABENÇOADO, da autoria de Pedro Marques Lopes, o “amigo” indefectível do Silva, sob o título de “rumos” (aqui em formato pdf, e aqui, aqui e aqui em formato jpeg), presente na edição impressa do pravda da Travessa da Queimada desta Sexta-feira (aqui).

.
disse!
.

Anúncios

11 thoughts on “dessas capitais diferenças (II) [actualizado com ‘brasão abençoado’]

  1. Boas.

    Pior do que o silêncio é não haver actos. Não responder aquela gente, deixa-los lá a olhar para o boneco, eles fazerem uma pergunta e responder outra coisa completamente diferente. Tanta coisa que se pode fazer… mas quietos é que nós estamos bem. Estamos assim há anos. Deixamos que essa gente conspire contra nós e vencem porque nós não nos defendemos. O FC Porto não é isto. O FC Porto é luta, podemos perder, mas nunca nos rendemos! Mas a SAD já se rendeu há muito. É esse o problema. E vêm mandar uns bitaites só porque sim… para enganar os Portistas…

    Abraços

    Liked by 1 person

vocifera | comenta | sugere (registo necessário)

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s