do Assis, esse santinho…

© google | Tomo III
.

caríssim@,

provavelmente já virei tarde com os meus bitaites, mas tenho que o escrever. mesmo. sob pena de explodir (e estou certo de que não será só de raiva acumulada, mas também).

diz que esta Segunda-feira, o nosso querido líder terá contactado o seu homólogo do Desportivo de Chaves «a desobrigá-lo do compromisso que tinha para com o FC Porto, em relação ao jogador rafael assis» – e cujo nome de baptismo escrevi propositadamente em minúsculas, por corresponder ao seu “enorme estatuto” enquanto pessoa, e como se constatará adiante.

nas palavras de Francisco J. Marques, actual Director de Comunicação do FC Porto, no mais recente episódio do programa “Universo Porto – da bancada” (vídeo integral aqui), o Clube desistiu daquela contratação «tendo em conta o comportamento do jogador brasileiro e do seu empresário* – ou melhor: da pessoa com que se fez acompanhar [Marcelo Lipatin**] na reunião que teve lugar no Estádio do Dragão, na passada Sexta-feira».
(* consta que o jogador, até àquela reunião, era representado/agenciado pela MNM Sports Management – uma sociedade, entre outros, dos antigos futebolistas do Vitória SC Pedro Mendes, Nuno Assis e Fernando Meira…)
(** antigo futebolista uruguaio, com passagem por Portugal e actualmente… exacto, agente de jogadores, devidamente credenciado, proprietário da Lipatin Sports…)

.
no entanto, também consta por aí
 que, depois daquela reunião, o jogador brasileiro terá ficado «ressentido com o que por lá se passou, principalmente por não ter sido possível tirar uma fotografia com a camisola do clube, ficar com uma cópia do contrato ou até tirar uma fotografia ao contrato». mas, como a fonte dessa “notícia” é o pravda da Travessa da Queimada, estamos conversados acerca da sua fiabilidade e/ou veracidade e/ou verdade…

convém também não esquecer que, até àquela reunião, o médio defensivo brasileiro estava a ser disputado por nós e pelos gverreiros lampiões do Minho, os quais e nas palavras do seu novel treinador (basto azeiteiro), até terão ficado algo (des)agradados pela nossa intromissão naquele negócio, «numa manifestação claríssima de grande respeito do FC Porto pelo sc braga»***.
(*** curiosamente ou talvez não, a mesmíssima agremiação que demonstrou «um grande respeito» pelo FC Porto no negócio (desvio?) do outro rafa para carnide, promovendo um leilão que ultrapassou todas as regras de cordialidade que deveriam imperar sempre e não só agora – ou melhor, na altura em que o chulão do jorge simão, esse azeiteiro!, resolveu invocar a tal «manifestação claríssima de grande respeito»… e é também a mesmíssima agremiação que demonstrou, de forma clara e inequívoca, um «grande respeito» pelo FC Porto com esta nomeação para o galardão de «guerreiro solidário» (!!!), na sua mais recente gala.)
.

em suma e nesta amálgama de factos (poucos), aos quais se somam suposições e/ou falácias próprias de ‘mentideros‘, e aos quais se subtraem (sobressaem?) julgamentos de carácter e/ou de personalidade – no caso deste assis, a sua falta:

» à justificação oficial do Clube para que este negócio tenha abortado, e por mais «pífio» que aquele argumento possa parecer aos demais (e conforme pude ler por aí, nas caixas de comentários da bluegosfera), parece que o jogador brasileiro terá optado pelo imediatismo das milenas imediatas com que os despeitosos dos bracarenses lhe acenaram, ao invés de permanecer em terras flavienses, sob contrato do FC Porto, e com a garantia de que, em Julho estaria com um salário bem melhor do que o actual.

» também se torna por demais evidente que, àquela (nada despicienda) questão monetária, o jogador optou por um projecto desportivo que se encontra e estará sempre aquém do do FC Porto, e por mais anos que estivermos sem ganhar um título de campeão nacional, e por mais (patéticas) declarações* de “amor patético” (platónico? placónico?) que se teçam.
(* «disputar títulos»?! no sc braga?! ok… Taça de Portugal e ex-taça da bjeKa… já não é mau, não senhor. quanto ao «tamanho do clube» dos gverreiros, ele é inversamente proporcional ao da nossa dignidade enquanto portistas – e por mais arrogante, sobranceira, soberba, insolente, que possa parecer esta minha afirmação.

» é igualmente perceptível que o Clube recomeçou a valorizar aquele que deverá ser o padrão maior na contratação de um jogador, e para lá dos seus dotes futebolísticos: o Carácter da sua personalidade – e o do assis está muito aquém do exigido para os padrões de um clube como é o Futebol Clube do Porto. e este é um facto que, no meu entendimento, ultrapassa questões (igualmente válidas, com certeza) como sejam as do nosso clube do coração actualmente já não cativar como num Passado recente, ou as das implicações que os constrangimentos financeiros impõem no seu quotidiano.
.

por tudo “isto”, não me importo mesmo nada que o “santinho” (de pau oco?) do assis tenha romado a outras sés, porventura mais abastadas do que a nossa; o Futuro também a poderá desmentir, mas estou certo de que este encarregar-se-á de confirmar a firme convicção, de quem comanda os destinos da $AD portista, de que aquele era um mau negócio, que não no seu plano desportivo. é que acho que tod@s nós ainda nos recordamos das lições retiradas com o paulo assunção
.

.
disse!
.

Anúncios

5 thoughts on “do Assis, esse santinho…

  1. o que me chateia e que o braga tem andado a brincar com o FC Porto há ja alguns anos e nós continuamos a comprar-lhes boly’s e a sermos muito simpáticos, quando deveríamos tratar o braga como um “inimigo”.
    e, numa disputa por um jogador, seja ele qual for, o o FC Porto tem de ficar sempre com ele, sem qualquer espinhas. O assis ao ir para o braga, era não ir para o “inimigo”, só isso.

    Gostar

    1. @ edmilson

      antes de tudo, muito obrigado! pela visita e pelo comentário!

      sim, concordo: os gverreiros andam a brincar connosco há muito tempo. e no Deve e Haver dos negócios entre nós e eles, não somos nós quem tem rido muito, antes pelo contrário. aliás, os sorrisos, entree nós, são pintados a um tom demasiado amarelo para o meu gosto – com o “supra-sumo” da nossa «simpatia» a recair na transmissão da gala deles, no ano passado. enfim, um horror…

      quanto ao argumento do segundo parágrafo, discordo e em absoluto: não podemos comprar direitos desportivos de jogadores só para que estes não ingressem no “inimigo”. foi com esse tipo de política que chegamos a este ponto de ruptura económico-financeira, sob supervisão da UEFA.

      abr@ço
      Miguel | Tomo III

      Gostar

  2. Se Braga já era “demasiado” lampião, sinto que, depois de 2011, piorou. Então agora, os treinadores que por lá passam têm atitudes cada vez mais merdosas, como a do ‘azeiteiro’…
    E, quem sabe?, com o braga e o 5lb tão “juntinhos” (medo), pode ser que o assis venha a ter um futuro “brilhante”.
    Pessoas dessas, são mesmo para se manter longe da Invicta.

    Quanto ao gozo do FC Porto:
    já somos gozados há muitos anos; mas, aqui, na tugalândia, ninguém dá um milímetro de tímpano a esses ‘low-life garbages’. Cabe-nos humilhá-los e em campo!

    Soares está cá e tem, pelo que vi, uma melhor (uma muito melhor!) atitude do que esse assis.

    Abraços.

    Liked by 1 person

vocifera | comenta | sugere (registo necessário)

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s