tão amigos que nós fôramos. ‘sêramos’. coiso…

© google | 92º minuto
.

caríssim@,

ontem à noite, os lixos tóxicos do grupo cofina [vários vómitos sucessivos] foram lestos a ”””noticiar””” (sim!, múltiplas aspas. explicações são desnecessárias, certo? certo!) uma «cimeira anti-5lb», da qual resultou um vídeo caseirinho e muito exclusivo, aqui.
no entendimento das aventesmas e/ou sabujos e/ou pés-de-microfone e/ou laranjos que por lá labutam – sendo que aquele parte exclusivamente de suposições (com recursos linguísticos múltiplos, mormente a forma condicional com que se conjugam os verbos) – «o encontro, com carácter ultra-secreto e que durou pouco mais de duas horas (entre as 16h e as 18h), terá servido para estreitar as relações entre os rivais e reforçar as estratégias de comunicação para a próxima época com um alvo em comum: o 5lb».

a manhã cinzenta e muito chuvosa de hoje acordou com a replicação daquela ”””notícia””” bombástica, da «ultra-secreta» «cimeira anti-5lb» pelos restantes pasquins afectos às agremiações da Segunda Circular e tal como a imagem acima o refere.
do que pude ler sobre o sucedido, aquela que, para mim, é a versão mais credível daquele encontro, foi plasmada (plantada?) na edição impressa do pasquim do ‘quim oliveirinha (aqui). essa não nega o encontro, e mais do que referir o alinhamento de uma qualquer estratégia «anti-[qualquer coisa]», afere de uma reunião «para discussão de assuntos, com carácter prático, relacionados com a partida de andebol» – a qual é decisiva, por poder consagrar o FC Porto como o próximo campeão nacional daquela modalidade. posteriormente «a conversa incluiu outros temas da actualidade desportiva, nomeadamente do Futebol».

já o início da solarenga, mas muito ventosa tarde, anunciou um comunicado conjunto entre os dois Directores de Comunicação dos clubes visados na suposta «cimeira anti-[whatever]» (aqui e aqui).
naquela reunião foram abordados alguns temas do nosso comezinho futebolzinho onde há efectiva «convergência de posições», sendo que o que há a ressalvar é o seu ponto 5.), que se transcreve:
.

.

«
em face do que consideramos ser a urgência e necessidade de pacificação do Futebol Português; da obrigatoriedade de nele se introduzir uma maior transparência e mais verdade desportiva, e de defender aqueles que são os valores por que devem nortear o Desporto Nacional, entendem os dois clubes estarem reunidas as condições para que seja desencadeado, de imediato, o processo de reatamento das relações institucionais entre o FC Porto e o spórtém.
»
.
.

© google | 92º minuto

aqueles são os factos do que eventualmente se passou – porquanto que se depreende a existência de muita contra-informação, e porque só sabemos o que efectiva e concretamente as partes envolvidas querem que se saiba.

aqui chegados, importa referir que não possuo memória curta, pelo que recuo ao que sucedeu em Junho de 2013 (aqui) e desencadeou o corte de relações institucionais – sobretudo algumas alarves declarações do actual presidente do spórtém para com o nosso Clube, a envolver «fruta» e «bananas». depois daquelas, muitas outras se sucederam, com uma pausa recente porque a mira voltou-se para um alvo mais apetecível (por que mais próximo)…
se, por um lado, apraz-me saber de uma tentativa dessa tão necessária «pacificação do Futebol Português», pelo outro confesso que, tendo em conta o histórico de provocações (abjectas) do burro do Carvalho para connosco, duvido muito que o clima de guerrilha amenize, sobretudo entre os dois Presidentes.

também não posso deixar de afirmar que a forma como tudo “isto” se processou é de amador. repito: de. a-m-a-d-o-r.
depois de exposta a cartilha e de todo o «glorioso» desespero que se seguiu, em (in)tentar encontrar compêndios doutrinais no nosso Clube e no spórtém, e também do Estado Lampiânico vislumbrar uma aproximação entre os dois clubes, a mostra pública da reunião, na forma como aconteceu, mais não é do que um “brincar ao Futebol”. tratou-se, isso sim!, de um valente tiro no pé, e por mais comunicados conjuntos que se emitam.
no meu entendimento não havia necessidade deste tipo de exposição – sobretudo numa altura em que há um desânimo generalizado nas nossas hostes e alguma inquietação (eu, pelo menos, não ando sossegado…). já temos muito com que nos preocupar intra-muros e, se é indesmentível que o «polvo» é quem mais ordena – e esta notícia aqui confirma que ainda há muito para “lagareirar” – não precisávamos de estar, agora, nesta altura, a gramar com as bocas dos lampi… dos candeeiros de serviço a demonstrar à saciedade “aquilo” que, há menos de 24 horas, era negado. é que não precisávamos mesmo nada! f
od@-se, pá!..

mas, pior!, vai ser o pós-final-de-semana, sobretudo na próxima Segunda-feira, tal e qual como a imagem ali em cima o demonstra… nem vai ser bom…

fod@-se!

.
disse!
.

Anúncios

8 thoughts on “tão amigos que nós fôramos. ‘sêramos’. coiso…

  1. coisinhos ‘candeeiros’,

    a ver se nos (des)entendemos:

    actualmente existem três diários desportivos em território nacional. dois deles são afectos às agremiações da Segunda Circular, sendo que a cor dos seus títulos não engana sobre para onde pende a (suposta) “verdade desportiva” que (in)tentam vender; sobra o jornal ‘ojogo’.

    este (igualmente um) pasquim é pertença da ‘Global Media Group‘, que detém, entre outros, a tsf, o dn e o jn (entretanto vendido aos interesses da Capital do Império). da Global Media, joaquim oliveira detém 27.5% do seu capital social.
    trata-se do mesmo joaquim oliveira que, enquanto Presidente do Conselho de Administração do grupo ‘ControlInvest‘, é o principal responsável pelos destinos da SportTv, a qual, juntamente com a ZON, perdeu para a Meo/Altice, em Dezembro de 2015, os direitos de transmissão dos jogos do FC Porto. também é o mesmo joaquim oliveira que foi acusado por Francisco J. Marques (Director de Comunicação do FC Porto), em Janeiro de 2017, de “plantar” notícias contra o FC Porto por despeito de ter perdido aquele negócio.
    aqui chegados, importa referir que afirmarem que o pasquim ‘ojogo’ é (e cito, sem me rir muito) «uma filial» do FC Porto… é pá!, tenham lá a santa paciência e não comam tanta palha e/ou gelados com a testa que vos causa uma indigestão.

    quanto à vossa pretensa festa, este Sábado, espero que a mesma seja abençoada por S. Pedro com muita chuva, basta trovoada e imensos relâmpagos. seria bonito de se ver (‘not’).

    Miguel | 92º minuto

    Liked by 1 person

  2. Devo dizer que o sportem é como uma balança disfuncional: ora tanto pende para um lado como a seguir para o outro, sem critério; tanto se junta ao vizinho, com promessas de campeonatos intercalados entre eles, como a seguir aceita uma conversa connosco.
    Enfim um suspeito muito “suspeitoso”… Mas acima de tudo é mais um” inimigo”.

    Ressalvo também esse facto de que muitos sportinguistas estão fartos deste sistema lampião.

    E falando em lampiões, que safoda para o que o que esses falam ou comentem o quer que seja: são pessoas sem razão.

    Abraços

    Liked by 2 people

    1. Tu és adepto do fúcupuerto? Então porque escreves sportem?! É algum problema de aprendizagem?
      É como dizes, estamos todos fartos desta ditadura lampiónica que ressuscitou das terríveis décadas de roubo de 60 e 70 e cabe-nos fazer algo!

      Gostar

    2. @ implacável

      todos os comentários de adeptos rivais são bem-vindos neste espaço desde que haja respeito, o que foi o teu caso.

      agora há algo que convém salientar: este é um espaço de e para portistas.
      assim sendo e sem querer dar a entender que não és bem-vindo aqui (o que não é o caso!), há uma terminologia muito própria aqui.
      o 5lb é o nome do Carnide; o antro é o palco do carnidense e o local de reunião dos ilegais e dos assassiNNos; o orelhas é o dumbo de Carnide.
      Já quanto ao Sporting, este é o spórtém enquanto por lá gravitar o burro do Carvalho – um bardamerdas que não me merece qualquer respeito, e não será esta “aliança” que me fará mudar de opinião.
      aliás, o Filipe toca num ponto interessante: os cacifeiros não vão passar a respeitar mais o meu clube por isso; para eles e para muitos outros que tais, continuaremos a ser os corruptos, o clube da fruta, o fcporco, entre outros epítetos mais.

      Quanto à tua sugestão de leitura, deixa o link num próximo comentário porque fiquei curioso.

      cumprimentos e obrigado pela visita e pelos comentários.

      Miguel Lima | 92° minuto

      Gostar

    3. Implacável,

      Primeiro, escrevo “spórtém” porque é como na rua se vai dizendo o nome do vosso clube e como ele é referido aqui neste espaço.
      Depois escrevo mal porque há gente no vosso clube e muitos adeptos que gostam de dizer mal do nosso clube, e muitas vezes dizem mal porque se deixam levar na comunicação (dis)social lampiã. Assim de repente lembro-me do que se vê no “cacifo do paulinho” e de como gostam larguete de nós, lá…

      Por vezes eu gostava de vos tratar com mais respeito se essas pessoas, no passado do vosso clube não se tivessem junto ao inimigo.

      De resto sou da ideia que devemos juntar o maior numero de clubes da Liga para lutar contra isto, contra este polvo.
      Mas é preciso que todos os clubes sejam sérios na abordagem e não andar a fazer luta e 2 meses depois tornarem-se realmente “porcos” e ficarem “independentes”, e andarem em contactos com o principal polvo e seus tentáculos.

      Que seja bem vinda uma cooperação com sportinguistas que sejam honestos e não hipócritas.

      Abraços.

      Gostar

  3. Caros Portistas, sou Sportinguista e, como todos os meus consócios e todos vocês, estou farto desta ditadura lampiónica que voltou em força com métodos mais sofisticados e mais sujos do que nas décadas de 60 e 70. Não é com falinhas mansas e ameaças de fazer cócegas que as coisas lá vão!
    Li, há dias, um texto que sugere a SOLUÇÃO! Os grande do futebol português, SCP e FCP devem criar uma nova liga – algo semelhante com o que foi feito no andebol – que exclua esses porcos corruptos vermelhos. Esse texto é um pouco extenso mas, se quiserem, posso publica-lo – se ainda não o leram. Chama-se “Uma liga sem podridão”, aparenta ter sido escrito por um Sportinguista mas é um recado para as Nações Sportinguista e Portista.
    Saudações desportivas.

    Gostar

  4. Ia dizer cenas sobre isto, majafinal já disse…
    Com sua permissão, caro xôr Lima, foi aqui e, ó em antes disso, aqui

    Percebo os ajuntamentos e tal, mas estou como tu: assim? Fod@-se! Reatamento de relações assinados por diretores de comunicação? Epá, eu gosto do Marques, mas não votei nele…

    Liked by 1 person

vocifera | comenta | sugere (registo necessário)

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s