da espuma dos dias.

© google | 92º minuto
(clicar na imagem para ampliar)

.

caríssim@,

efectivamente ‘life goes on‘…
a Vida continua, tal como o ‘show‘ tem obrigatoriamente que prosseguir, e por muito que nos custe aceitar a (crueldade da) Realidade… sempre foi (e sempre será) assim, porque é essa a Essência da espuma dos dias que correm…
portanto e no «inconseguimento» das palavras de ontem, as de hoje pretendem continuar a dar conta, mas sobretudo denunciar, alguma da filha-da-putice que persiste em subsistir no jornalixo tuga. explico (sucintamente e com recurso a imagens).

a imagem acima reflecte as capas dos pasquins desportivos da tugalândia de ontem – «ambos os três», bem entendido. peço-te o favor de atentares bem para a mesma. obrigado.
certamente que te terás dado conta de que, entre as múltiplas notícias, houve uma, no âmbito da “operação Ajuste Secreto”, que só foi reportada por dois daqueles (e, mesmo assim, de forma muito tímida) e que passou convenientemente despercebida para o pravda da Treavessa da Queimada.
é óbvio que se tratam de critérios editoriais, mas ele há coisas que me são muito difíceis de aceitar, e a desonestidade intelectual é uma delas: fosse outro o protagonista, o visado, o «detido» e o «constituído arguido», assim para uma cor mais azul, e as parangonas seriam mais vivas (vivaças?), tal e qual como num Passado recentíssimo. e é esta gritante (gloriosa?) dualidade de critérios, esta barbaridade em termos de completa ausência de Rigor e de Isenção jornalísticos, que me corrói as entranhas. porque quem faz “isto”, de forma consciente, deliberada, propositada, e quem colabora com estes “esqueminhas”, mais não passa de um sabujo e/ou pé-de-microfone, sem qualquer espinha vertical em termos de Idoneidade, mais não sendo do que uma mera prostiputa ao serviço de outrem, quiçá lá para os lados de Carnide. um «ninho de hipócritas», é o que eles efectiva e comprovadamente são.

e, como alguma bluegosfera bem relembrou, tratam-se dos mesmos vendidos, dos mesmos vendilhões, dos mesmos aduladores, dos mesmos capachos, que, em Junho de 2008, fizeram estas capas, no auge da reclamação do carnidense e do vitória de Guimarães, junto da UEFA, por forma a que o FC Porto «pagasse em todas as frentes»:
.

© google | 92º minuto
(clicar na imagem para ampliar)

.

curiosamente (ou talvez não), a figura do ex-presidente da LPFP e da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, foi figura central naquela reclamação do carnidense junto da UEFA, porque se predispôs a apresentar prova contrária à de um parecer, encomendado pelo FC Porto e assinado por um jurista da mesmíssima instituição a que presidia, na altura (LPFP), «não seria vinculativo».
infelizmente para os intervenientes nessa tomada de intenções e que não afectos ao Clube da ImBicta, estas foram as capas do dia seguinte àquele:

.

© google | 92º minuto
(clicar na imagem para ampliar)

.

[permite-me continuar a esboçar o meu sorriso mais largo (que não vertical), sempre que me recordo desta gloriosa azia – a mesma que noticiava «novela da Champions longe do fim» e, passado um ano, teve que engolir esta manada de mamutes aqui. consta que, oito anos depois daquela decisão, ainda há quem a esteja a deglutir com extrema dificuldade, e como sinteticamente se explicam nestes dois minutinhos aqui]
.

© google | 92º minuto
(clicar na imagem para ampliar)

.

quem não tem muitos motivos para sorrir, nos últimos tempos, é o “dono” daquela equipa que decididamente não é de tod@s nós (vulgo selecção).
nada me move contra o senhor em questão (porque não nos conhecemos, sequer), assim como não nutro qualquer simpatia e/ou apreço pelo personagem. agora, não posso deixar de registar o afinco diametralmente oposto com que se noticiam os «fortes indícios de fuga ao fisco», nos dois lados da Península Ibérica: enquanto que, por cá, os seus amigalhaços dos me(r)dia e do jornalixo tugas vão varrendo as informações contantes para debaixo de um tapete que ameaça romper a qualquer instante, do lado de lá é como se não houvesse Amanhã, a começar pelo periódico ‘el mundo‘ (aqui).

de facto, a imagem acima é só uma gota num vasto oceano de tráfico (também) de… fortes, poderosas, influências (!!!), e cuja “lavandaria” é resumida neste vídezinho aqui.
pelos vistos, do outro lado da fronteira, há interesses (legítimos) em que se investiguem essas relações promíscuas, dúbias, prenhes em “cortinas de fumo” assumptíveis como legítimas. já pelos meandros do Terreiro do Paço, parece que é melhor #abafartudo, talvez porque haja gloriosos interesses em que não se descubram muitos mais podres. a ver se não houve muitas trocas de e-mails comprometedoras entre as partes envolvidas, como aquelas outras
.

.

agora apague tudo!
.

Anúncios

vocifera | comenta | sugere (registo necessário)

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s