o que se passa a Sul de Leiria?

© lixo tóxico do grupo cofina
(clicar na imagem para ampliar)

.

.

a “operação Petardo” – visando membros de claques de futebol, devido à utilização de explosivos e de um ataque a tiro contra um autocarro, com vigilantes da empresa de segurança “2045”, em 22 de Janeiro deste ano, na cidade de Braga – fez oito detidos, de acordo com as últimas informações policiais.
o Director da Polícia Judiciária (PJ) de Braga, Gil Carvalho, confirmou, ao JN, a existência dos oito detidos, mas não adiantou mais pormenores porque a operação da PJ de Braga e que conta com o apoio da congénere do Porto e da Polícia de Segurança Pública (PSP) da Invicta, ainda não terminou.
os detidos foram transportados para as instalações da PJ de Braga. durante a operação foram apreendidos explosivos que se suspeitam pertencer a um fornecedor das claques do FC Porto e do Vitória de Guimarães.

em comunicado, a PJ confirma que, através do Departamento de Investigação Criminal de Braga, com a colaboração da Directoria do Norte, efectuou uma operação, em conjunto com a PSP, visando o cumprimento de 06 mandados de detenção e de 34 buscas a residências e oficinas de pirotecnia. eis o seu teor:
.

« a PJ, através do Departamento de Investigação Criminal de Braga, com a colaboração da Directoria do Norte, efectuou uma operação, em conjunto com a PSP, visando o cumprimento de 06 mandados de detenção e de 34 buscas a residências e a oficinas de pirotecnia.
no âmbito da investigação foram identificadas actividades ilícitas relativas ao fabrico e à venda de artigos pirotécnicos, ao tráfico de armas e à comercialização e utilização de petardos e de tochas de fumo, em recintos desportivos.
estão ainda em investigação os incidentes ocorridos em Braga, após o jogo de futebol entre o SC Braga e o Vitória SC de Guimarães, no dia 22.01.2017, em que foi atingido, com disparo de arma de fogo, o autocarro que transportava funcionários da empresa de segurança que presta serviço no Estádio do SC Braga.
foram ainda detidos, em flagrante delito, 02 outros suspeitos, no decurso da operação em causa, pelo crime de detenção de armas proibidas – nomeadamente de rastilho e de engenho para lançamento de artigos pirotécnicos.
os detidos, com idades compreendidas entre os 27 e os 53 anos de idade, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas. »

.

in JN (aqui)
.

caríssim@,

interrompo as férias para dar conta desta autêntica filha-da-putice, com a tentativa de (mais) uma colagem, a propósito de (mais) uma operação policial ao mundo do futebol, com supostamente elementos afectos ao nosso clube do coração.
pelo teor do texto da notícia acima não há nenhum indício de que a maior claque do Clube, os Super Dragões, esteja a ser visada do que quer que seja. mais: a “colagem” parte do facto de se tratar de «um fornecedor» de material pirotécnico também para as claques do clube.
pois o lixo tóxico do grupo cofina, ávido destas “bombas”, aproveitou logo para tecer as suposições que aquela manchete encerra, à boa maneira dos laranjos que por lá gravitam… como se só as claques afectas a clubes do Norte e do Centro promovessem rebentamento de petardos… como se os ilegais e assassiииos de carnide fossem uns santinhos (também) nesse capítulo… é pá, não me lixem com um F bem maiúsculo..

visar esta e outras denúncias no jornalixo tuga, como esta aqui, é um dever de qualquer portista. assim se justificam estas linhas (#notmadeinporta18 obviamente).
prometo voltar à carga sobre esta temática aquando do meu regresso.

até esse reencontro, o meu desejo é somente um e o mesmo de sempre:

faz o favor de ser feliz!

.
ah! e apesar de toda a contra-informação e de todos os ‘soundbytes’ que gloriosamente vão sendo difundidos nos costumeiros me(r)dia e no jornalixo da tugalândia, convém esmorecer. não há que ceder o flanco, sequer desanimar, desalentar, perder o ânimo.
esta cena dos e-mails e do #benfixer até poderá não dar em nada em termos de Justiça Desportiva, sequer Cível (e porque, da Criminal, estamos “conversados”…); mas há algo que já se conseguiu: que muit@s d@s que nos acusavam de «fruteiros» (não) tivessem perdido a vergonha e se lhes conseguisse “descobrir a careca” dos seus (balofos) Desportivismo e Isenção (da treta, pois claro).

por último, mais uma vez*, e para os “alguéns” que, apesar de todos os avisos, ainda assim persistem em visitar este espaço, mesmo não sendo bem-vindos (de todo!) e que me apelidam de «fruteiro», para a História ficará o registo daquelas trocas de mensagens electrónicas que, por não terem sido apagadas como se exigia por um dos seus intervenientes, entretanto têm sido muito abafadas pelas prostiputas do jornalixo tuga, a soldo do carnidense – as mesmas que fazem tudo por relevar esta posterior revelação, acerca dos “impolutos:
(* já deu para se perceber que nunca me irei cansar de repetir este episódio de autêntica, comprovada #frutavermelhaparadormir. e só será ‘ad nauseam‘ para quem se sentir incomodado com a sua revelação – o que não é o meu caso, de todo.)
.

© google | 92º minuto
(clicar na imagem para ampliar)

.

álbum indispensável para férias:

air, moon safari (1998).
.

leitura indispensável para férias:

revista dragões #368 (aqui, em pdf).
.

podcast indispensável para férias:

a culpa é do cavani, jornada #2 (aqui).

.
agora apague tudo!
.

interregno (parte III).

© FC Porto
.

caríssim@,

está naquela altura, naquele momento do ano, em que se parte, com a Família, numa busca por um tão necessário retemperar de energias.

assim sendo:

revemo-nos em Agosto, meu Porto!
até já! 😉

#azulebrancoeocoracao #semigual #orgulhotripeiro #longedavistamassemprenocoracao

.
até esse reencontro, o meu desejo é somente um e o mesmo de sempre:

faz o favor de ser feliz!

.
ah! e apesar de toda a contra-informação e de todos os ‘soundbytes’ que gloriosamente vão sendo difundidos nos costumeiros me(r)dia e no jornalixo da tugalândia, convém esmorecer. não há que ceder o flanco, sequer desanimar, desalentar, perder o ânimo.
esta cena dos e-mails e do #benfixer até poderá não dar em nada em termos de Justiça Desportiva, sequer Cível (e porque, da Criminal, estamos “conversados”…); mas há algo que já se conseguiu: que muit@s d@s que nos acusavam de «fruteiros» (não) tivessem perdido a vergonha e se lhes conseguisse “descobrir a careca” dos seus (balofos) Desportivismo e Isenção (da treta, pois claro).

por último, mais uma vez*, e para os “alguéns” que, apesar de todos os avisos, ainda assim persistem em visitar este espaço, mesmo não sendo bem-vindos (de todo!) e que me apelidam de «fruteiro», para a História ficará o registo daquelas trocas de mensagens electrónicas que, por não terem sido apagadas como se exigia por um dos seus intervenientes, entretanto têm sido muito abafadas pelas prostiputas do jornalixo tuga, a soldo do carnidense – as mesmas que fazem tudo por relevar esta posterior revelação, acerca dos “impolutos:
(* já deu para se perceber que nunca me irei cansar de repetir este episódio de autêntica, comprovada #frutavermelhaparadormir. e só será ‘ad nauseam‘ para quem se sentir incomodado com a sua revelação – o que não é o meu caso, de todo.)
.

© google | 92º minuto
(clicar na imagem para ampliar)

.

álbum indispensável para férias:

air, moon safari (1998).
.

leitura indispensável para férias:

revista dragões #368 (aqui, em pdf).
.

podcast indispensável para férias:

a culpa é do cavani, jornada #2 (aqui).

.
agora apague tudo!
.

«quem sentiu na pele fui eu!»

© alamy
.

.

« […] esse episódio do túnel foi decisivo.
não, não foi justa
[a decisão]. a forma como os meus jogadores foram tratados, como o FC Porto foi tratado, a forma como as coisas aconteceram… não foi verdade. e digo isto cara a cara, quer as pessoas gostem ou não gostem. quem sentiu na pele fui eu: estive lá e vi.
e também senti, durante um ano, como as coisas aconteceram: à 14ª jornada, quando jogámos na Luz, dizia a Imprensa que o 5lb estava a fazer «um campeonato tremendo», quando levava apenas mais um ponto do que nós e tinha os mesmos pontos que o SC Braga…
e ninguém aqui é mais esperto do que os outros, nem mais estúpido. a mim e aos meus jogadores, marcou-nos muito e tirou-nos a possibilidade de ganharmos o quinto campeonato, o que seria um feito notável
[o FC Porto teria feito o seu segundo Penta] e, para mim, seria o tetra – um feito perfeitamente impossível de alguém conseguir, em algum momento. »

fonte: zerozero
.

caríssim@,

o dia, hoje, começou com esta excelente notícia aqui. bem, pelo menos para mim, trata-se de uma excelente notícia e que alegrou (e muito!) um dia cinzento. tão excelente que a sua divulgação contrasta com a ânsia em que os mesmos pasquins de Sempre o tentaram colocar em todo o lado menos no clube mais representativo da ImBicta…
acontece que e como pude ler por aí, há “muito boa gente” super-hiper-mega “preocupada” com o custo desta operação e com o ‘fair play‘ financeiro da UEFA e a «falta de contratações»…
para essa gloriosa gente, que amiúde navega pela bluegosfera somente para semear a discórdia, convém recordar que sim!, foram cometidos erros crassos num Passado recente e não há como os desmentir. acontece que, no Dragão, a Ambição sempre foi comedida e nunca se aventou “tomar de assalto” um clube da Premier League quando se é igualmente notável, na UEFA, por se deter a segunda maior dívida de clubes na Europa…
assim sendo e porque estou convencido de que, no Dragão, quem por lá se encontra actualmente não anda a “comer geladinhos com a testa”, é óbvio que esta operação de manutenção de Iker Casillas, no seio de um plantel ainda jovem, mas que já possui a tarimba de uma época em que foi vítima, não só de erros próprios, mas também de muito #polvo, terá sido muito bem ponderada. estou em crer que não se cometeram loucuras desmesuradas. mais: caros são mesmo os depoitres desta vida, que custaram um balúrdio para tão-somente aquecerem os bancos de suplentes do nosso comezinho campeonato; campeões irrepreensíveis como o Iker, galácticos também (sobretudo?) na sua forma de Ser e de Estar, que conferem (muitos) pontos num campeonato – e como ficou demonstrado na época transacta – são “baratos”. olha, se bem aproveitados e em termos de Merchandising (como refiro aqui), pagam-se a eles próprios. salvaguardando as devidas distâncias, se o Real o faz, por que raio é que nós também não o fazemos? Ontem já era tarde, que diabo!…
.

noutro diapasão, as palavras que se reproduzem ali em cima, também para memória futura, são pertença de Jesualdo Ferreira. quem me conhece, sabe que nutro um inestimável carinho pelo Professor. considero-o um dos melhores e mais capazes treinadores tugas que já passaram pelo FC Porto, e o reconhecimento de muitos jogadores que com ele trabalharam é disso prova mais do que suficiente para o confirmar.
aquelas fazem parte de uma extensa entrevista ao pravda da Travessa da Queimada e que o caríssimo Vila Pouca fez o favor de disponibilizar aqui, sendo que a parte referente à sua passagem pelo FC Porto pode ser lida aqui (e aqui), e que, depois de lida, me recordou este Clássico aqui
no fundo, mais não é do que o “repisar”, do que um anterior “lavar de Alma” que aconteceu em Maio de 2008 (aqui) e onde se desmascara o embuste que foi o #campeonatodostuneis – ele que não é um reconhecido Portista, mas que se tornou num enorme Dragão enquanto cá esteve e nas várias vezes que nos visitou como adversário, sempre demonstrando um enorme respeito (carinho? sim, acho que sim!) por nós tod@s. um Senhor, portanto. como poucos (o que é pena).

em suma:
fica o registo de alguém que também sofreu agruras com o Brasão Abençoado ao peito. como ele, todos os que o precederam e os que lhe sucederam. tal e qual como também acontecerá com Sérgio Conceição, o qual será tudo menos um «cepo», bem pelo contrário. muito pelo contrário.
.

por último, mais uma vez*, e para os “alguéns” que, apesar de todos os avisos, ainda assim persistem em visitar este espaço, mesmo não sendo bem-vindos (de todo!) e que me apelidam de «fruteiro», para a História ficará o registo daquelas trocas de mensagens electrónicas que, por não terem sido apagadas como se exigia por um dos seus intervenientes, entretanto têm sido muito abafadas pelas prostiputas do jornalixo tuga, a soldo do carnidense – as mesmas que fazem tudo por relevar esta posterior revelação, acerca dos “impolutos:
(* já deu para se perceber que nunca me irei cansar de repetir este episódio de autêntica, comprovada #frutavermelhaparadormir. e só será ‘ad nauseam‘ para quem se sentir incomodado com a sua revelação – o que não é o meu caso, de todo.)
.

© google | 92º minuto
(clicar na imagem para ampliar)

.

.
agora apague tudo!
.

fénix! fónix! coiso!

© google | 92º minuto
.

.

« o procurador do Ministério Público (MP) pediu, esta Quarta-feira de manhã, no Tribunal de Guimarães, a absolvição do presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, no julgamento da Operação Fénix. o mesmo foi pedido para Antero Henrique, antigo vice-presidente portista. […]
o líder portista chegou cedo e ouviu, já na sala de audiências, o representante do MP defender que não fica provada a existência de segurança privada ilegal. para que isso acontecesse era preciso que os serviços feitos pela SPDE a Pinto da Costa e Antero Henrique, «fossem de acompanhamento e defesa; em nenhuma das situações se mostram os crimes, pelo que deverão os arguidos ser absolvidos», alegou o procurador do MP.
 »

fonte: JN
.

caríssim@,

tanto afã em noticiar a indiciação como arguido, inclusive com laranjos ao poste e tudo, para, um ano depois e em completo contraste, aquela notícia do JN ir surgindo a conta-gotas nos me(r)dia e jornalixo tugas… é mesmo caso para perguntar «que passou se»?

[custa muito, não custa? pois deve custar… a vontade era mais do que muita, não era? ai não que não era!… temos pena (quase nenhuma, para ser sincero). e continuem a mandar e-mails, que a malta gosta bués disso.]
.

© google | 92º minuto
.

pergunta inocente:

são tão-somente «40 jogadores» do plantel principal ou serão todos os que estão sob contrato com o 5lb?

[é que parece que eles são bem mais. muitos mais. e, já agora e a talho de foice, depois de definido o plantel, o que é que se faz ao excesso?… ah, já sei! distribui-se o “refugo” pelos clubes amigos… pois, é isso mesmo…]

.
neste entretanto, ele há datas que não se esquece, porque nos marcam de forma indelével. ontem, há precisamente nove anos, começava a minha aventura no mundo dos blogues e posteriormente nesse basto particular e que é o da bluegosfera. assim sendo, aqui tens acesso a essa relíquia que foi a minha primeira prosa, numa pueril (por que ainda demasiado imberbe) inocência.

acima de tudo, realço que este espaço existe graças a ti, por ti e para ti, que o visitas de forma regular e por Bem.

um grandebem-haja!para ti, portanto 😉

.

por último e para os “alguéns” que, apesar de todos os avisos, ainda assim persistem em visitar este espaço, mesmo não sendo bem-vindos (de todo!) e que me apelidam de «fruteiro», para a História ficará o registo daquelas trocas de mensagens electrónicas que, por não terem sido apagadas como se exigia por um dos seus intervenientes, entretanto têm sido muito abafadas pelas prostiputas do jornalixo tuga, a soldo do carnidense – as mesmas que fazem tudo por relevar esta posterior revelação, acerca dos “impolutos“:
.

© google | 92º minuto
(clicar na imagem para ampliar)

.

.
agora apague tudo!
.

recadinho aos ‘recadeiros’.

© google | 92º minuto
.

.

« […] das contas da SAD falida não falas tu. das cartilhas do peido-mestre de Contumil não falas tu. dos negócios mal geridos não falas tu. não paças [sic] de um recadeiro cheio de tretas […] »
.

caríssim@,

hoje, começou oficialmente a época 2017/2018 para o FC Porto – «o primeiro dia do resto {das nossas vidas}», como (en)canta o poeta. é certo que ainda foi o primeiro treino da pré-temporada, mas, mesmo assim, já há azul-e-branco no nosso quotidiano. e ainda bem, qu’isto estava uma pasmaceira; ou então, nem por isso. explico.

um “alguém” brindou-me com o que se cita ali em cima, mas só em parte – porque os restantes ¾ da sua arrozada “prosa” fariam corar de vergonha os progenitores daquele. dado que, agora, há a obrigatoriedade de um registo para se comentar, neste espaço, aquele “alguém” fê-lo via e-mail – e muito em voga, nos tempos que correm. modernices, acho eu «e que assim»…
por uma questão de princípio, não costumo responder aos insultos que me dirigem (o que não significa que esteja predisposto a dar a outra face); mesmo assim e ultrapassada essa questão, cingir-me-ei somente às “questões” que muitos dos cartilheiros têm feito passar, qual propaganda goëbbeliana, e que os “alguéns”, quais carneirinhos, a deglutem como palha fresca para estes últimos.

nos princípios do mês de Junho, a SAD azul-e-branca anunciou um acordo com a UEFA, por forma a que sejam cumpridos os requisitos do ‘fair play’ financeiro. a UEFA também o fez, na página da instituição, referindo que «o FC Porto não cumpriu o requisito de equilíbrio financeiro e aceitou concluir um acordo de liquidação para as temporadas desportivas de 2017/18, 2018/19, 2019/20 e 2020/21».
ou seja: o quotidiano do FC Porto, durante as próximas quatro temporadas, (con)viverá (n)uma espécie de ‘troiKa’, dentro do seu reduto*. tudo porque se comportou muito mal e gastou mais do que o que vendeu**. bem mais, até. e, agora, há que pôr pés ao caminho e vender os anéis***, se necessário for, para que se volte a uma situação estável – e dentro da estabilidade possível no altamente instável mundo do Futebol, sobretudo no nosso comezinho futebolzinho.

* sim, o FC Porto teve a UEFA “à perna” por causa do ‘fair play’ financeiro. olha, tal como o 5lb teve receitas da UEFA penhorados por causa da Doyen (conferir aqui e aqui). a principal diferença: não ocultámos essa informação da massa adepta, ao contrário daqueles.

** para onde que é que foi esse dinheiro? não sei! mas quem tiver assim tanto interesse, sempre pode proceder a uma análise cuidada das contas da SAD azul-e-branca. está tudo lá, preto no branco – inclusive o valor das comi$$õe$ e a distribuição destas pelos seus variados agentes, ao contrário de Relatórios&Contas pretensamente “consolidados” de outras SAD’s…

*** o motivo da discórdia entre muitos portistas, tal como o Silva explanou (e muito bem) aqui, na sua tasca.
.

acima de tudo, acho curioso que os adeptos da agremiação com a segunda maior dívida da UEFA, em 2015 – «dívida líquida que ascende aos 336 M€, que cresceu 3% em 2015, que é 3.3 vezes superior ao valor das receitas anuais e equivale a 130% do valor dos seus activos» – nos considerem «falidos». é certo que não estamos (nada) bem em termos de finanças, mas convenhamos que há quem esteja bem pior. ao menos já somos os donos do nosso estádio, o qual se encontra totalmente amortizado e é uma mais-valia em termos de Activos sólidos – algo que mais ninguém o pode afirmar…

depois, também acho deveras curioso que quem tem comprovadamente cartilheiros efectivos ao seu serviço, também as tente imputar para o nosso lado… é que os «padres», para as «missas que celebram», são de outra “paróquia” que não a das Antas… ai!, espera. estamos a falar de “cartilhas” e não de tráfico de influências…
[modo de ironia ‘off’].

também acho assaz interessante que se insurjam aos nossos negócios como «mal geridos». a ver se nos (des)entendemos:
estamos mal de finanças por erros crassos cometidos num Passado recente. ao abrigo daquele acordo com a UEFA, até 30 de Junho de 2017 temos que apresentar contas que batam certinho com o acordado (passe o pleonasmo), as quais deverão apresentar mais-valias financeiras de 30M€. de entre o plantel da época transacta e tendo em linha de conta o que “espirra” para a praça pública, quais são os mais vendáveis e que conseguem maior retorno financeiro? pois…
em suma: podemos não concordar com a partida dos nossos meninos e até com as suas escolhas – e sabendo-se que o agente que os representa também tem voto na matéria. agora, passar a mensagem de que os seus interesses económicos e desportivos foram «muito mal vendidos», quando nem na sua “casa” conseguem arranjar solução para os mais de 45 jogadores sob contrato e persistem em contratar outros tantos, como se não houvesse Amanhã… enfim…
mas, o que me custa mais é haver, na bluegosfera, quem alinhe nessa cartilha e teça lembretes de muito mau gosto, sem se dar ao trabalho de ver o quadro todo, somente o que interessa passar, numa atitude que em muito alegra os “alguéns” que também os lêem: dividir a massa adepta portista para que a ilegal continue a reinar (inclusive com aquela outra). se tal faz de mim um «recadeiro», então que seja; o que não farei é criticar publicamente e de uma forma injusta, a gestão de quem legitimamente está nos destinos do Clube – primeiro, porque não gosto de me arvorar em arauto da desgraça só para ser diferente e obter visibilidade com essa atitude (que não notoriedade ou outra espécie de reconhecimento qualquer); depois, porque há sítios muito próprios para se discutirem essas questões e entre os da nossa cor, e para lá das Assembeleias-gerais; terceiro, porque Jorge Nuno de Lima Pinto da Costa foi o único concorrente às últimas eleições.
.

por último e para os “alguéns” que persistem em visitar este espaço, mesmo não sendo bem-vindos (de todo!) e que me apelidam de «fruteiro», para a História ficará o registo daquelas trocas de mensagens electrónicas que, por não terem sido apagadas como se exigia por um dos seus intervenientes, entretanto têm sido muito abafadas pelas prostiputas do jornalixo tuga, a soldo do carnidense – as mesmas que fazem tudo por relevar esta posterior revelação, acerca dos “impolutos“:
.

© google | 92º minuto
(clicar na imagem para ampliar)

.

.
agora apague tudo!
.