«quem sentiu na pele fui eu!»

© alamy
.

.

« […] esse episódio do túnel foi decisivo.
não, não foi justa
[a decisão]. a forma como os meus jogadores foram tratados, como o FC Porto foi tratado, a forma como as coisas aconteceram… não foi verdade. e digo isto cara a cara, quer as pessoas gostem ou não gostem. quem sentiu na pele fui eu: estive lá e vi.
e também senti, durante um ano, como as coisas aconteceram: à 14ª jornada, quando jogámos na Luz, dizia a Imprensa que o 5lb estava a fazer «um campeonato tremendo», quando levava apenas mais um ponto do que nós e tinha os mesmos pontos que o SC Braga…
e ninguém aqui é mais esperto do que os outros, nem mais estúpido. a mim e aos meus jogadores, marcou-nos muito e tirou-nos a possibilidade de ganharmos o quinto campeonato, o que seria um feito notável
[o FC Porto teria feito o seu segundo Penta] e, para mim, seria o tetra – um feito perfeitamente impossível de alguém conseguir, em algum momento. »

fonte: zerozero
.

caríssim@,

o dia, hoje, começou com esta excelente notícia aqui. bem, pelo menos para mim, trata-se de uma excelente notícia e que alegrou (e muito!) um dia cinzento. tão excelente que a sua divulgação contrasta com a ânsia em que os mesmos pasquins de Sempre o tentaram colocar em todo o lado menos no clube mais representativo da ImBicta…
acontece que e como pude ler por aí, há “muito boa gente” super-hiper-mega “preocupada” com o custo desta operação e com o ‘fair play‘ financeiro da UEFA e a «falta de contratações»…
para essa gloriosa gente, que amiúde navega pela bluegosfera somente para semear a discórdia, convém recordar que sim!, foram cometidos erros crassos num Passado recente e não há como os desmentir. acontece que, no Dragão, a Ambição sempre foi comedida e nunca se aventou “tomar de assalto” um clube da Premier League quando se é igualmente notável, na UEFA, por se deter a segunda maior dívida de clubes na Europa…
assim sendo e porque estou convencido de que, no Dragão, quem por lá se encontra actualmente não anda a “comer geladinhos com a testa”, é óbvio que esta operação de manutenção de Iker Casillas, no seio de um plantel ainda jovem, mas que já possui a tarimba de uma época em que foi vítima, não só de erros próprios, mas também de muito #polvo, terá sido muito bem ponderada. estou em crer que não se cometeram loucuras desmesuradas. mais: caros são mesmo os depoitres desta vida, que custaram um balúrdio para tão-somente aquecerem os bancos de suplentes do nosso comezinho campeonato; campeões irrepreensíveis como o Iker, galácticos também (sobretudo?) na sua forma de Ser e de Estar, que conferem (muitos) pontos num campeonato – e como ficou demonstrado na época transacta – são “baratos”. olha, se bem aproveitados e em termos de Merchandising (como refiro aqui), pagam-se a eles próprios. salvaguardando as devidas distâncias, se o Real o faz, por que raio é que nós também não o fazemos? Ontem já era tarde, que diabo!…
.

noutro diapasão, as palavras que se reproduzem ali em cima, também para memória futura, são pertença de Jesualdo Ferreira. quem me conhece, sabe que nutro um inestimável carinho pelo Professor. considero-o um dos melhores e mais capazes treinadores tugas que já passaram pelo FC Porto, e o reconhecimento de muitos jogadores que com ele trabalharam é disso prova mais do que suficiente para o confirmar.
aquelas fazem parte de uma extensa entrevista ao pravda da Travessa da Queimada e que o caríssimo Vila Pouca fez o favor de disponibilizar aqui, sendo que a parte referente à sua passagem pelo FC Porto pode ser lida aqui (e aqui), e que, depois de lida, me recordou este Clássico aqui
no fundo, mais não é do que o “repisar”, do que um anterior “lavar de Alma” que aconteceu em Maio de 2008 (aqui) e onde se desmascara o embuste que foi o #campeonatodostuneis – ele que não é um reconhecido Portista, mas que se tornou num enorme Dragão enquanto cá esteve e nas várias vezes que nos visitou como adversário, sempre demonstrando um enorme respeito (carinho? sim, acho que sim!) por nós tod@s. um Senhor, portanto. como poucos (o que é pena).

em suma:
fica o registo de alguém que também sofreu agruras com o Brasão Abençoado ao peito. como ele, todos os que o precederam e os que lhe sucederam. tal e qual como também acontecerá com Sérgio Conceição, o qual será tudo menos um «cepo», bem pelo contrário. muito pelo contrário.
.

por último, mais uma vez*, e para os “alguéns” que, apesar de todos os avisos, ainda assim persistem em visitar este espaço, mesmo não sendo bem-vindos (de todo!) e que me apelidam de «fruteiro», para a História ficará o registo daquelas trocas de mensagens electrónicas que, por não terem sido apagadas como se exigia por um dos seus intervenientes, entretanto têm sido muito abafadas pelas prostiputas do jornalixo tuga, a soldo do carnidense – as mesmas que fazem tudo por relevar esta posterior revelação, acerca dos “impolutos:
(* já deu para se perceber que nunca me irei cansar de repetir este episódio de autêntica, comprovada #frutavermelhaparadormir. e só será ‘ad nauseam‘ para quem se sentir incomodado com a sua revelação – o que não é o meu caso, de todo.)
.

© google | 92º minuto
(clicar na imagem para ampliar)

.

.
agora apague tudo!
.

Anúncios