o que se passa a Sul de Leiria?

© lixo tóxico do grupo cofina
(clicar na imagem para ampliar)

.

.

a “operação Petardo” – visando membros de claques de futebol, devido à utilização de explosivos e de um ataque a tiro contra um autocarro, com vigilantes da empresa de segurança “2045”, em 22 de Janeiro deste ano, na cidade de Braga – fez oito detidos, de acordo com as últimas informações policiais.
o Director da Polícia Judiciária (PJ) de Braga, Gil Carvalho, confirmou, ao JN, a existência dos oito detidos, mas não adiantou mais pormenores porque a operação da PJ de Braga e que conta com o apoio da congénere do Porto e da Polícia de Segurança Pública (PSP) da Invicta, ainda não terminou.
os detidos foram transportados para as instalações da PJ de Braga. durante a operação foram apreendidos explosivos que se suspeitam pertencer a um fornecedor das claques do FC Porto e do Vitória de Guimarães.

em comunicado, a PJ confirma que, através do Departamento de Investigação Criminal de Braga, com a colaboração da Directoria do Norte, efectuou uma operação, em conjunto com a PSP, visando o cumprimento de 06 mandados de detenção e de 34 buscas a residências e oficinas de pirotecnia. eis o seu teor:
.

« a PJ, através do Departamento de Investigação Criminal de Braga, com a colaboração da Directoria do Norte, efectuou uma operação, em conjunto com a PSP, visando o cumprimento de 06 mandados de detenção e de 34 buscas a residências e a oficinas de pirotecnia.
no âmbito da investigação foram identificadas actividades ilícitas relativas ao fabrico e à venda de artigos pirotécnicos, ao tráfico de armas e à comercialização e utilização de petardos e de tochas de fumo, em recintos desportivos.
estão ainda em investigação os incidentes ocorridos em Braga, após o jogo de futebol entre o SC Braga e o Vitória SC de Guimarães, no dia 22.01.2017, em que foi atingido, com disparo de arma de fogo, o autocarro que transportava funcionários da empresa de segurança que presta serviço no Estádio do SC Braga.
foram ainda detidos, em flagrante delito, 02 outros suspeitos, no decurso da operação em causa, pelo crime de detenção de armas proibidas – nomeadamente de rastilho e de engenho para lançamento de artigos pirotécnicos.
os detidos, com idades compreendidas entre os 27 e os 53 anos de idade, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas. »

.

in JN (aqui)
.

caríssim@,

interrompo as férias para dar conta desta autêntica filha-da-putice, com a tentativa de (mais) uma colagem, a propósito de (mais) uma operação policial ao mundo do futebol, com supostamente elementos afectos ao nosso clube do coração.
pelo teor do texto da notícia acima não há nenhum indício de que a maior claque do Clube, os Super Dragões, esteja a ser visada do que quer que seja. mais: a “colagem” parte do facto de se tratar de «um fornecedor» de material pirotécnico também para as claques do clube.
pois o lixo tóxico do grupo cofina, ávido destas “bombas”, aproveitou logo para tecer as suposições que aquela manchete encerra, à boa maneira dos laranjos que por lá gravitam… como se só as claques afectas a clubes do Norte e do Centro promovessem rebentamento de petardos… como se os ilegais e assassiииos de carnide fossem uns santinhos (também) nesse capítulo… é pá, não me lixem com um F bem maiúsculo..

visar esta e outras denúncias no jornalixo tuga, como esta aqui, é um dever de qualquer portista. assim se justificam estas linhas (#notmadeinporta18 obviamente).
prometo voltar à carga sobre esta temática aquando do meu regresso.

até esse reencontro, o meu desejo é somente um e o mesmo de sempre:

faz o favor de ser feliz!

.
ah! e apesar de toda a contra-informação e de todos os ‘soundbytes’ que gloriosamente vão sendo difundidos nos costumeiros me(r)dia e no jornalixo da tugalândia, convém esmorecer. não há que ceder o flanco, sequer desanimar, desalentar, perder o ânimo.
esta cena dos e-mails e do #benfixer até poderá não dar em nada em termos de Justiça Desportiva, sequer Cível (e porque, da Criminal, estamos “conversados”…); mas há algo que já se conseguiu: que muit@s d@s que nos acusavam de «fruteiros» (não) tivessem perdido a vergonha e se lhes conseguisse “descobrir a careca” dos seus (balofos) Desportivismo e Isenção (da treta, pois claro).

por último, mais uma vez*, e para os “alguéns” que, apesar de todos os avisos, ainda assim persistem em visitar este espaço, mesmo não sendo bem-vindos (de todo!) e que me apelidam de «fruteiro», para a História ficará o registo daquelas trocas de mensagens electrónicas que, por não terem sido apagadas como se exigia por um dos seus intervenientes, entretanto têm sido muito abafadas pelas prostiputas do jornalixo tuga, a soldo do carnidense – as mesmas que fazem tudo por relevar esta posterior revelação, acerca dos “impolutos:
(* já deu para se perceber que nunca me irei cansar de repetir este episódio de autêntica, comprovada #frutavermelhaparadormir. e só será ‘ad nauseam‘ para quem se sentir incomodado com a sua revelação – o que não é o meu caso, de todo.)
.

© google | 92º minuto
(clicar na imagem para ampliar)

.

álbum indispensável para férias:

air, moon safari (1998).
.

leitura indispensável para férias:

revista dragões #368 (aqui, em pdf).
.

podcast indispensável para férias:

a culpa é do cavani, jornada #2 (aqui).

.
agora apague tudo!
.

Anúncios