a culpa é da vontade!

© fotos da curva
.

caríssim@,

na voz da Manuela Azevedo *, cantando Variações, «a culpa é da Vontade que eu tenho de te abraçar»… explico.

passaram-se longos quatro anos desde a última vez; quase 1460 dias. uma Eternidade, portanto. aliás, há, entre nós, quem não saiba o que é uma festa de arromba nos Aliados ‘in loco’. e ainda falta um ponto para que tudo seja realidade, atenção! um mísero ponto em seis possíveis. e este é um facto que convém ter em conta: ainda não ganhamos N-A-D-A!

portanto, se considero que não tem qualquer mal festejar uma vitória que nos aproxima do ponto final e que os nossos jogadores merecem todo o apoio, todo o carinho, todo o calor azul-e-branco que sentiram, esta amdrugada, ao chegar à ImBicta, por outro lado tenho que lamentar que tenha havido quem, entre os presentes, tenha entoado “Campeão! Campeão! Campeão!” ao invés de “quero o FC Porto campeão!” e como seria expectável.
repito-me: apesar de compreender a Euforia, ainda falta conquistar um ponto. e mesmo confiante numa vitória, no próximo Domingo, começar a lançar foguetes antes da festa tal pode ser considerado um desrespeito para com o Feirense que, na época passada, arrancou um empate no nosso teatro de sonhos azuis-e-brancos. para além de que, em 2013, tivemos o exemplo dos outros que, ao festejarem antes do tempo, com toda a sua Soberba e a sua Arrogância, concederam-nos um flanco importantíssimo para nos sagrarmos campeões duas semanas depois.

no fundo, a culpa é dessa Vontade de nos vermos Campeões e em que Ontem já era tarde. tal pressente-se também na Equipa, ansiosos pela chegada desse momento – com Herrera à cabeça, por ser o elemento mais antigo do plantel e por estar “à seca” há quatro penosos anos. e como foi bonito de o ver, esta madrugada, como um de nós, como mais um adepto portista, extremamente feliz por estar próximo da Felicidade!…
mas, a Realidade diz-nos que tal não pode ser. e, por muito que tenha vestido um dos nossos Mantos Sagrados da época 2014/2015 e o tenha trazido comigo para a labuta, tal não significa nada mais do que a expressão de um capricho, de um desejo íntimo que ainda não se concretizou. ainda. está à distância de um ponto. seja a Equipa capaz de o obter, com juros, no próximo Domingo. sobretudo porque tod@s nós o merecemos. e porque é da mais elementar justiç
a.

[* sugestão musical para acompanhar este monólogo e que imodestamente considero muito apropriada para esta ocasião.]

.
disse!
.

Anúncios

One thought on “a culpa é da vontade!

  1. Estamos quase, Estamos quase…
    Temos de dar aquele retoque final do nosso trabalho, e sim, a ser campeão quero ser no domingo por ver que esta equipa se esforçou e trabalhou para a merecida conquista e não esperou por terceiros para tal.
    PS: Espero ter a sorte de poder sentar na cadeira de sonho 😉
    Abraços.

    Liked by 1 person

vocifera | comenta | sugere (registo necessário)

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.