contrastes

© google | 92º minuto
.

caríssim@,

diz a Matemática que 35 (trinta e cinco) é maior do que 20 (vinte) certo? certo… e tal foi conseguido sem taças lucílio baptista. e ainda neste século. e é contemporâneo do #ilusao, o qual ainda está muito verdinho para ascender àquele nível “galáctico”.
{resposta ao em@padaoesilva porque efectivamente os tempos são outros, inclusive os «grandes feitos no futebol moderno»…}
.

© google | 92º minuto
.

também diz aquela ciência exacta por natureza que 7000 (sete mil) será sempre inferior a 20000 (vinte mil), independentemente da cor que pintem o primeiro número de espectadores.
{“ah e tal que vocês só conseguem esses números a um feriado e o evento não é anunciado de véspera”. nada mais falacioso: tal aconteceu em Agosto de 2016, a um dia da semana (Quinta-feira) e foi anunciado na Sexta-feira anterior, dia 29-07.}

quanto à polémica em torno do #VAR, esta explica-se sucintamente desta forma: #aVARiado porque o Clube do Regime e quem a ele preside, ainda são os Donos Disto Tudo. ainda...

.

agora apague tudo!
.

Anúncios

2 thoughts on “contrastes

  1. muita da culpa deste estado de coisas é nossa porque o FCPorto, no tempo do programa ‘os donos da bola‘ negociou, com a SIC, um patrocínio para as modalidades amadoras em jeito de desculpa e em vez de ter resolvido o assunto em tribunal (já agora, alguém viu o hipócrita do David Borges passar um raspanete ao Pedro Proença, na TV?).
    posteriormente levámos com o ‘apito dourado’, que só ficou resolvido a dias de fazer mais de 10 anos de injustiças; agora, estamos a deixar passar o #benficagate em claro, permitindo que todos os crimes sejam branqueados por uma Comunicação Social corrupta. assim, em vez de vermos o slb penalizado até o vemos a exibir maior poder – na semana passada, por exemplo, todos vimos o slb a substituir-se ao Governo e a “legislar”; bastou mudar um regulamento interno de segurança do estádio para apagar 13 anos de crimes da suas claques, assassinatos incluídos. ou seja: uma decisão do slb sobrepõe-se às leis do País; o resto são operações de cosmética da fpf.
    outro exemplo: os árbitros que teoricamente desceram o ano passado, na verdade não descem porque serão necessários para o sistema VAR! entre outros erros, deveríamos ter impugnado o arranque deste campeonato porque teríamos forçado a UEFA a agir e terá que ser em foro supranacional que o slb será julgado porque, por cá, tem tudo controlado. aliás: a moldura do crime deles é mais relacionada com ‘crime organizado’ do que com ‘corrupção’ porque eles beneficiam de favores mesmo das autoridades judiciais e do poder politico.
    teremos que ser ainda mais pró-activos na denúncia; temos a funcionar o UNE (unidade de ligação a Europol) mas infelizmente funciona nas instalações da PJ e todos sabemos que, nas listas de apoio ao vieira, o que mais há são inspectores dessa PJ. mas também temos por cá o OSCOT (Observatório para Combate ao Crime Organizado) e é junto destes que temos que denunciar, tanto o slb, como as nossas autoridades e governantes, para levar o assunto lá para fora.

    entretanto proponho, mais uma vez, que se passe, em continuo, nos monitores do estádio, os roubos de que fomos alvo pela arbitragem no ano passado e as provas contra o slb. e que se exijam árbitros estrangeiros nos nossos jogos. e que se afirme que, se as instâncias superiores persistirem em ignorar as nossas denúncias, apelaremos ao boicote [de voto nos partidos do poder] nas próximas eleições, bem como ao pagamento de impostos porque, se o Estado é o slb, por que é que, sendo portista, lhes [5lb] tenho que pagar os meus impostos?!
    entretanto cantemos no Dragão, “em homenagem” ao slb, uma versão de uma ranchera mexicana: o “CU-CU-RU-CU-CU” (grita um topo) / “CORRUPTOS” (grita o outro).
    já sugeri ao Colectivo e espero que pegue e que se transforme no nosso grito de revolta.

    abraço.

    Gostar

    1. @ António

      ‘obrigado!’ pela visita, pelo comentário e pela partilha pública dos seus pensamentos.

      só uma pequena questão:
      acho difícil haver uma intervenção, no comezinho futebolzinho do nosso país, de uma entidade supranacional – UEFA ou FIFA.
      esta, a existir, será sempre no âmbito federativo – com eventuais reprimendas ao órgão que o tutela (FPF), por exemplo, com suspensão da actividade da Selecção e/ou de inscrição de clubes tugas nas provas da UEFA – e nunca no âmbito dos Clubes.
      bom, bom, seria uma intervenção da EUROPOL 😉 {irony mode ‘off’}

      abr@ço
      Miguel | 92º minuto

      Gostar

vocifera | comenta | sugere (registo necessário)

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s